Exportar registro bibliográfico

Modo capitalista de produção e agricultura: a construção do conceito de agronegócio (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: MENDONçA, MARIA LUISA ROCHA FERREIRA DE - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: AGRONEGÓCIO; MODERNIZAÇÃO DA AGRICULTURA
  • Keywords: Capital financeiro; Crise de superacumulação; Crisis of overaccumulation; Financial capital
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese investiga fatores que exerceram influência na construção da imagem da agricultura no modo capitalista de produção e sua representação através do conceito que passou a ser difundido como agronegócio. O uso deste termo se propagou tanto nos círculos acadêmicos, quanto nos meios políticos e de comunicação. A chamada industrialização da agricultura ocorre principalmente a partir dos anos 1950, em um contexto de crise de superacumulação de capital em nível mundial. No Brasil, este modelo ganha força principalmente a partir dos anos 1960 e combina a grande exploração agrícola com o estímulo ao uso de insumos industriais. É no período marcado pelo caráter monopolista ou imperialista do capital que se observa o processo de industrialização da agricultura, conhecido popularmente como agronegócio. A propriedade monopolista pressupõe a incorporação de todos os momentos da chamada cadeia produtiva, desde o controle sobre matérias primas até a circulação das mercadorias, considerando-se o papel essencial do capital financeiro. A internacionalização deste modelo através da exportação de capitais aprofundou a especialização dos monocultivos em determinados países e a divisão internacional do trabalho, a partir da herança colonial. A função do Estado como principal agente facilitador de financiamento para o agronegócio serve de alavanca para as determinações do capital financeiro. Observamos que a criação do conceito de agronegócio, como forma de gerar uma moldura ideológica paraa intensificação da industrialização da agricultura, ocorre em um contexto determinado pela reprodução crítica do capital. Tal análise nos leva a entender a relação dialética entre acumulação e crise, como elementos simultâneos e permanentes na lógica do capital, mesmo que sua manifestação apareça de forma polarizada e cíclica. Desta forma, consideramos que na atual conjuntura de predominância do capital financeiro, ou seja, de dependência do agronegócio em relação ao mercado de dinheiro, seu o principal produto seria a própria dívida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.06.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENDONÇA, Maria Luisa Rocha Ferreira de; OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. Modo capitalista de produção e agricultura: a construção do conceito de agronegócio. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-26062013-114407/ >.
    • APA

      Mendonça, M. L. R. F. de, & Oliveira, A. U. de. (2013). Modo capitalista de produção e agricultura: a construção do conceito de agronegócio. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-26062013-114407/
    • NLM

      Mendonça MLRF de, Oliveira AU de. Modo capitalista de produção e agricultura: a construção do conceito de agronegócio [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-26062013-114407/
    • Vancouver

      Mendonça MLRF de, Oliveira AU de. Modo capitalista de produção e agricultura: a construção do conceito de agronegócio [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-26062013-114407/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021