Exportar registro bibliográfico

Avaliação dos compostos fenólicos e das propriedades antioxidantes da polpa do pequi (Caryocar spp) processado e in natura (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, LUCILLIA RABELO DE - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBA
  • Subjects: CIÊNCIA DE ALIMENTOS; COMPOSTOS FENÓLICOS (AVALIAÇÃO); ANTIOXIDANTES; FRUTAS TROPICAIS
  • Language: Português
  • Abstract: O pequi caracteriza-se por possuir expressiva quantidade de compostos fenólicos, que por apresentarem propriedades antioxidantes estão associados com a prevenção da formação de radicais livres. Além de ser consumido in natura, é também comumente consumido na forma processada. No entanto, sabe-se que os antioxidantes presentes nos vegetais podem ser afetados pela forma de processamento e provocam alterações dos teores de fenólicos totais (FT) bem como da sua atividade antioxidante. Este trabalho objetivou avaliar o teor de FT e as propriedades antioxidantes da polpa do pequi processado e in natura. Foram obtidos os extratos alcoólicos (EALC) e aquosos (EAQ), a partir de amostras liofilizadas de diversas polpas de pequi processado (em conserva) e também do in natura, bem como as frações de ácidos fenólicos livres (AFL), ésteres solúveis de ácidos fenólicos (AFS) e ésteres insolúveis de ácidos fenólicos (AFI) de pequi processado (CB1). Os EALC e EAQ, além dos líquidos provenientes das conservas (LC), foram avaliados quanto aos teores de FT, onde se verificou que os EAQ do pequi in natura, principalmente, e do processado tiveram um maior conteúdo de FT quando comparados aos EALC. Os LC, por sua vez, apresentaram valores médios ainda maiores que os EAQ. Com relação ao teor de FT das frações, a AFL se destacou diante da AFS e AFI. Os extratos, LC e frações foram avaliados quanto à atividade antioxidante in vitro pelo sistema β-caroteno/ácido linoléico e também pelo ensaio do radical DPP´HPOT.•´ (2,2 difenil-1-picril-hidrazila). No primeiro, verificou-se que os EAQ e LC do pequi apresentaram maior atividade que os EALC. Foi observada ainda atividade elevada em todas as frações analisadas. No segundo ensaio pelo método do radical DPPH•, pode-se observar que osextratos aquosos do pequi in natura apresentaram maior atividade, enquanto que, no pequi processado, os extratos alcoólicos e os líquidos das conservas tiveram melhores resultados. Verificou-se também que a AFL possui atividade superior às outras frações. De uma maneira geral, os resultados do pequi processado foram inferiores aos do pequi in natura tanto em relação aos teores de FT como na atividade antioxidante. Verificando-se ainda, que isto se deve principalmente à perda dos FT da polpa, indicando que houve lixiviação destes compostos para os LC
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.07.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Lucillia Rabelo de; MANCINI-FILHO, Jorge. Avaliação dos compostos fenólicos e das propriedades antioxidantes da polpa do pequi (Caryocar spp) processado e in natura. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-22052013-113150/ >.
    • APA

      Oliveira, L. R. de, & Mancini-Filho, J. (2010). Avaliação dos compostos fenólicos e das propriedades antioxidantes da polpa do pequi (Caryocar spp) processado e in natura. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-22052013-113150/
    • NLM

      Oliveira LR de, Mancini-Filho J. Avaliação dos compostos fenólicos e das propriedades antioxidantes da polpa do pequi (Caryocar spp) processado e in natura [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-22052013-113150/
    • Vancouver

      Oliveira LR de, Mancini-Filho J. Avaliação dos compostos fenólicos e das propriedades antioxidantes da polpa do pequi (Caryocar spp) processado e in natura [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-22052013-113150/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021