Exportar registro bibliográfico

História Demográfica e Estrutura de Populações para a Espécie Cactófila Drosophila meridionalis (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: LEAL, DORA YOVANA BARRIOS - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGE
  • Subjects: FILOGENIA; BIOGEOGRAFIA; GENES DE INSETOS; DROSOPHILA
  • Keywords: Drosophila meridionalis; Filogeografia; Gene COI; Gene period; COI gene; Drosophila meridionalis; Gene period; Phylogeography
  • Language: Português
  • Abstract: Drosophila meridionalis é uma espécie endêmica da América do Sul, sendo amplamente distribuída na Costa Atlântica do Brasil. Com o objetivo de elaborar uma hipótese filogeográfica para esta espécie foram obtidas sequências do gene nuclear period e do gene mitocondrial COI. Foram calculados os índices de diversidade nucleotídica e realizados os testes: AMOVA, testes de neutralidade, a Mismatch Distribution, Bayesian Skyline Plot, NCPA. Foram obtidas três redes pelo gene COI, denominadas A (populações do interior), B (populações do litoral sul) e C (populações do litoral sudeste e oriental) e uma única rede obtida para o gene period, esta rede divide as populações em dois grupos sendo o primeiro congruente com a rede A e o segundo compreendendo as redes B e C, do gene COI. A AMOVA mostrou uma estruturação alta e significativa entre as populações do interior e o litoral para os dois genes (ct=0,72 gene COI; ct=0,70 gene period), que pode ser explicada pela presença de barreiras geográficas, como a Serra do Mar. Eventos de expansão populacional e de fluxo gênico restrito com isolamento por distância foram detectados nas populações do litoral e o interior respectivamente. A expansão da área de ocorrência de D. meridionalis provavelmente teve inicio com as populações do litoral do Rio Grande de Sul, em direção ao litoral de Santa Catarina com posterior colonização a longa distância dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. Migrações assincrônicas de indivíduos de populações litorâneas de São Paulo e Santa Catarina provavelmente colonizaram o interior de São Paulo, e a partir destas populações, se iniciara uma expansão populacional em direção ao sul pelo interior, colonizando o Paraná e Rio Grande do Sul. A análise bayesiana (MCCT) indicou que o tempo do ancestral comum mais recente (TMRCA) para todos os haplótipos de D. meridionalis é de 81.700 anos atrás, data que marcaa separação das populações do interior e do litoral aproximadamente no final do Pleistoceno. Eventos similares têm sido sugeridos para explicar a distribuição geográfica de espécies do cluster D. buzzatii, que ocorrem em simpatria em grande parte com populações de D. meridionalis. Esta espécie, como as espécies do cluster D. buzzatii, apresentou indicativos de flutuações demográficas, podendo estar associadas à expansão e contração da distribuição da vegetação xerofítica, durante as oscilações paleoclimáticas do Pleistoceno
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.03.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEAL, Dora Yovana Barrios; MANFRIN, Maura Helena. História Demográfica e Estrutura de Populações para a Espécie Cactófila Drosophila meridionalis. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17135/tde-12062013-150608/ >.
    • APA

      Leal, D. Y. B., & Manfrin, M. H. (2013). História Demográfica e Estrutura de Populações para a Espécie Cactófila Drosophila meridionalis. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17135/tde-12062013-150608/
    • NLM

      Leal DYB, Manfrin MH. História Demográfica e Estrutura de Populações para a Espécie Cactófila Drosophila meridionalis [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17135/tde-12062013-150608/
    • Vancouver

      Leal DYB, Manfrin MH. História Demográfica e Estrutura de Populações para a Espécie Cactófila Drosophila meridionalis [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17135/tde-12062013-150608/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021