Exportar registro bibliográfico

Qualidade de vida de pacientes submetidos à ressecção de tumores musculoesqueléticos (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: PRIETO, GISELE BRIDES - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: QUALIDADE DE VIDA; NEOPLASIAS ÓSSEAS; AMPUTAÇÃO
  • Keywords: amputation; bone neoplasm; extremity salvage; funcionalidade; functionality; Quality of life; salvamento de membro
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo avalia a qualidade de vida de sujeitos acometidos por tumores musculoesqueléticos de membros inferiores, submetidos a cirurgias de ressecção, com salvamento de membro ou amputação. A casuística foi composta por 56 sujeitos, avaliados no período de 14 meses (agosto de 2011 a setembro de 2012), que foram divididos em três grupos: 1- 12 amputados; 2- 16 em pós-operatório de salvamento do membro (colocação de endoprótese ou reconstrução biológica); 3- sujeitos saudáveis (sem diagnóstico de câncer), selecionados entre a população em geral, de forma pareada com os outros grupos, segundo sexo, idade, escolaridade e condição socioeconômica. Além do Critério de Classificação Econômica Brasil (2010), foram aplicados dois protocolos de avaliação, um de qualidade de vida (Medical Outcomes Study 36 - Item Short-Form Health Survey - SF-36) e o outro de capacidade funcional (Toronto Extremity Salvage Score - TESS), ambos adaptados culturalmente e validados no Brasil. Os dados foram estatisticamente analisados, conforme preconizado por cada protocolo. Os resultados indicaram que ambos os tipos de abordagem cirúrgica (amputação ou reconstrução) produziram prejuízos na capacidade funcional e na qualidade de vida dos sujeitos acometidos por tumores musculoesqueléticos, quando comparados à população saudável. Diferentemente do que apontaram outros trabalhos internacionais com casuística semelhante, os sujeitos submetidos a amputações apresentaram resultados melhores relacionados à sua capacidade funcional e à qualidade de vida, na maioria dos domínios do SF36 e com relevância estatística (p=0,001) no escore final do TESS, do que aqueles submetidos a técnicas de salvamento de membro. Por fim, é importante analisar a percepção dos sujeitos sobre sua funcionalidade e qualidade de vida, de modo a encontrar caminhos mais adequados no processo de reabilitação desta população
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.04.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRIETO, Gisele Brides; CARLO, Marysia Mara Rodrigues do Prado de. Qualidade de vida de pacientes submetidos à ressecção de tumores musculoesqueléticos. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-11062013-191852/ >.
    • APA

      Prieto, G. B., & Carlo, M. M. R. do P. de. (2013). Qualidade de vida de pacientes submetidos à ressecção de tumores musculoesqueléticos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-11062013-191852/
    • NLM

      Prieto GB, Carlo MMR do P de. Qualidade de vida de pacientes submetidos à ressecção de tumores musculoesqueléticos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-11062013-191852/
    • Vancouver

      Prieto GB, Carlo MMR do P de. Qualidade de vida de pacientes submetidos à ressecção de tumores musculoesqueléticos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-11062013-191852/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021