Exportar registro bibliográfico

Filogenia de Leiinae (Diptera, Mycetophilidae) com uma nova proposta de classificação para a subfamília (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated author: OLIVEIRA, SARAH SIQUEIRA DE - FFCLRP
  • School: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: DIPTERA (IDENTIFICAÇÃO); FILOGENIA; ZOOLOGIA (CLASSIFICAÇÃO)
  • Keywords: Chave de Identificação; Diptera; Identification key; Leiinae; Leiinae; Mycetophilidae; Mycetophilidae; Sistemática; Systematics
  • Language: Português
  • Abstract: A família Mycetophilidae é a segunda mais especiosa da subordem Bibionomorpha (Diptera), abrangendo 233 gêneros e cerca de 4.500 espécies descritas de todas as regiões biogeográficas. A monofilia de Bibionomorpha e de Mycetophilidae é bem corroborada na literatura. A família de modo geral tem sido dividida nas subfamílias Sciophilinae, Gnoristinae, Mycomyiinae, Leiinae, Manotinae, Allactoneurinae, Mycetophilinae. Atualmente, uma das subfamílias que tem recebido menos atenção na literatura é Leiinae e o entendimento das relações entre seus gêneros é ainda incipiente. Essa subfamília compreende um grupo de gêneros caracterizados principalmente por um deslocamento da base do setor radial (Rs) em direção ao ápice da asa, resultando em uma R1 curta, mas há inúmeras exceções que levantam questionamentos sobre o monofiletismos do grupo e resultam em diferentes hipóteses sobre a inclusão ou não de determinados gêneros em Leiinae, como é o caso de Docosia Winnertz, Tetragoneura Winnertz, Ectepesthoneura Enderlein, Novakia Strobl, Sticholeia Søli, Aphrastomyia Coher & Lane, entre outros. O objetivo deste trabalho foi estudar, com base em morfologia, as relações filogenéticas entre os gêneros de Leiinae, propondo limites genéricos para a subfamília. Para tanto, foram realizadas análises filogenéticas apenas com grupos viventes e com a adição de táxons fósseis. O estudo filogenético realizado indica que é possível atribuir a Leiinae um agrupamento monofilético relativamente amplo, caracterizado pela presença do mesopleurotrocantin e do mesepímero sem contato com a região ventral do tórax, terminando no mesopleurotrocantin. Os gêneros Docosia, Novakia, Ectrepesthoneura e Tetragoneura não fazem parte de Leiinae e são alocados provisoriamente em Gnoristinae. Sticholeia também não pertence à Leiinae, sendo grupo-irmão de Allactoneura e, portanto, transferido para Allactoneurinae. Leiinaepassa a compreender 27 gêneros viventes. A análise realizada com fósseis não foi informativa filogeneticamente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.04.2013
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Sarah Siqueira de; AMORIM, Dalton de Souza. Filogenia de Leiinae (Diptera, Mycetophilidae) com uma nova proposta de classificação para a subfamília. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-30042013-140523/ >.
    • APA

      Oliveira, S. S. de, & Amorim, D. de S. (2013). Filogenia de Leiinae (Diptera, Mycetophilidae) com uma nova proposta de classificação para a subfamília. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-30042013-140523/
    • NLM

      Oliveira SS de, Amorim D de S. Filogenia de Leiinae (Diptera, Mycetophilidae) com uma nova proposta de classificação para a subfamília [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-30042013-140523/
    • Vancouver

      Oliveira SS de, Amorim D de S. Filogenia de Leiinae (Diptera, Mycetophilidae) com uma nova proposta de classificação para a subfamília [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-30042013-140523/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020