Exportar registro bibliográfico

Prevalência de genes codificadores de carbapenemases em isolados multirresistentes de Acinetobacter baumannii recuperados de amostras clínicas de hospitais do Sudeste e Sul do Brasil (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: ANTONIO, CHARLINE SANTOS - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: FÁRMACOS (RESISTÊNCIA); INFECÇÃO HOSPITALAR
  • Language: Português
  • Abstract: Acinetobacter baumannii (Ab) é um dos principais agentes de infecção hospitalar, principalmente em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). A principal característica da bactéria é a sua resistência intrínseca a diversos antimicrobianos, o que favorece sua persistência no ambiente hospitalar, causando infecções de difícil controle e tratamento. Nos esquemas terapêuticos, os antibióticos carbapenêmicos são os fármacos de escolha, porém nos últimos anos a resistência a estas drogas tem aumentado drasticamente em função da emergência e disseminação de cepas produtora de carbapenemases [i.e., oxacilinases (OXA) e metalo-beta-lactamases (MβL)]. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a produção de enzimas carbapenemases do tipo OXA e MβLs, em 36 amostras multirresistentes de A. baumannii, previamente triadas, provenientes de 8 hospitais brasileiros, durante 2004/2008. A caracterização fenotípica e genotípica dos isolados foi realizada por meio da determinação de CIM, hidrólise enzimática e PCR para pesquisa dos genes ´blaIND.OXA´ e ´blaIND.MβL´, assim como seqüências de inserção (ISAba-1, ISAba-3) responsáveis pela mobilização dos determinantes de resistência do tipo ´blaIND.OXA´. Finalmente a análise da diversidade genética foi realizada por ERIC-PCR com análise de clusters por coeficiente de Dice. Todos os 36 isolados apresentaram 100% de resistência para imipenem (´CIMIND.90´ > 64 µg/mL), meropenem, ceftazidima, ciprofloxacina e iperacilina/tazobactam, enquanto que os antibióticos com maior atividade in vitro foram a ampicilina/sulbactam (61,2%) > tobramicina (61,1%) > gentamicina (47,3%) > amicacina (28%). Em todos os isolados foi confirmada a presença intrínseca dos genes ´blaIND.OXA -51´ e ISAba-1, não apresentando colinearidade entre eles, enquanto que 41,6% dos isolados carregaram a combinação dos genes ISAba-1/´blaIND.OXA-23´(Genbank accession FJ628170), um isolado (2,7%) carregou a combinação de genes ISAba3/´blaIND.OXA-58´/ISAba3 (Genbank accession FJ492877) e dois isolados (5,5%) clonalmente relacionados, carregaram o gene ´blaIND.OXA-72´ (Genbank accession FJ969387). Surpreendentemente, em um centro hospitalar foi documentada a presença de um surto de infecção por Ab produtor de OXA-23. Finalmente a tipagem epidemiológica dos isolados revelou a presença de 13 clusters, sendo que 8 diferentes clusters carregavam o gene ´blaIND.OXA´-23. Em resumo, nossos resultados confirmam a disseminação de cepas produtoras de OXA-23 associadas com ISAba-1 no Brasil, assim como a presença intrínseca do gene ´blaIND.OXA -51´ em Ab. Por outro lado, este é o primeiro relato de isolados carbapenem resistentes carregando os genes ´blaIND.OXA -58´ e ´blaIND.OXA -72´ em hospitais brasileiros, os quais aparentemente surgiram em 2004 e 2008, respectivamente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.11.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANTONIO, Charline Santos; MAMIZUKA, Elsa Masae. Prevalência de genes codificadores de carbapenemases em isolados multirresistentes de Acinetobacter baumannii recuperados de amostras clínicas de hospitais do Sudeste e Sul do Brasil. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-11062013-172116/ >.
    • APA

      Antonio, C. S., & Mamizuka, E. M. (2010). Prevalência de genes codificadores de carbapenemases em isolados multirresistentes de Acinetobacter baumannii recuperados de amostras clínicas de hospitais do Sudeste e Sul do Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-11062013-172116/
    • NLM

      Antonio CS, Mamizuka EM. Prevalência de genes codificadores de carbapenemases em isolados multirresistentes de Acinetobacter baumannii recuperados de amostras clínicas de hospitais do Sudeste e Sul do Brasil [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-11062013-172116/
    • Vancouver

      Antonio CS, Mamizuka EM. Prevalência de genes codificadores de carbapenemases em isolados multirresistentes de Acinetobacter baumannii recuperados de amostras clínicas de hospitais do Sudeste e Sul do Brasil [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-11062013-172116/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021