Exportar registro bibliográfico

Método de análise do ruído em áreas industriais e controle por enclausuramento acústico das fontes (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: CREMONESI, JOSE FERNANDO - FAU
  • Unidade: FAU
  • Sigla do Departamento: AUT
  • Subjects: ACÚSTICA (CONTROLE;MEDIÇÃO); INDÚSTRIAS; ERGONOMIA
  • Language: Português
  • Abstract: Os conceitos de arquitetura dão novas dimensões aos projetos de enclausuramento de fontes ruidosas por cabines acústicas no chão de fábrica, no que diz respeito às relações entre o ruído industrial e suas implicações no homem quanto à perda da audição, perda de produtividade e riscos de acidentes bem como as metodologias para controle do ruído e a inter-relação entre o ruído industrial e sua vizinhança. O objetivo foi o de desenvolver um método de projetar e construir cabines acústicas para o controle do ruído industrial. As cabines acústicas existentes são desenvolvidas visando apenas o controle do ruído. Entretanto, na arquitetura, outras variáveis como o conforto visual, a ergonomia, a segurança, a visibilidade e o desempenho também devem ser consideradas. Fez-se necessário desenvolver um método prático de avaliação do Ruído Industrial, para dar subsídios às propostas de soluções arquitetônicas que o controlem. O método prático consiste efetuar medidas de ruído em dB(A) nos pontos modais de uma malha ajustada para as dimensões do edifício industrial. O resultado das medições possibilita a visualização da distribuição do ruído através de isossônicas, permitindo que as soluções sejam avaliadas a qualquer momento, tanto do ponto de vista da metodologia, como dos resultados projetados e efetivamente alcançados. A proposta é demonstrar, para alguns casos reais, como o método de controle facilita a análise e propicia correções 6 quando necessário. Conhecemos os métodos tradicionais contidos na NR-15 e suas implicações nas áreas industriais. A redução do ruído na fonte é a melhor opção para o tratamento acústico na indústria. (Continua)(Continuação) A diminuição do ruído reverberante, pelo aumento das superfícies absorventes internas ao edifício industrial, reduz também o nível sonoro a que os operários estão submetidos, mas torna os operadores das máquinas excessivamente expostos, pois seus postos de trabalho ficam interpostos entre as fontes do ruído e o tratamento acústico, recebendo, portanto, toda a energia emitida. A redução do ruído na fonte tem resultados satisfatórios, pois diminui em muito os custos do tratamento acústico e livra o operário do recebimento direto da dose de ruído. Para este trabalho, são selecionados exemplos de locais que apresentam condições excessivas de ruído e necessitam de tratamento, os quais propiciam a implantação da metodologia desenvolvida.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.04.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CREMONESI, Jose Fernando; BISTAFA, Sylvio Reynaldo. Método de análise do ruído em áreas industriais e controle por enclausuramento acústico das fontes. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16132/tde-07062013-135401/pt-br.php >.
    • APA

      Cremonesi, J. F., & Bistafa, S. R. (2013). Método de análise do ruído em áreas industriais e controle por enclausuramento acústico das fontes. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16132/tde-07062013-135401/pt-br.php
    • NLM

      Cremonesi JF, Bistafa SR. Método de análise do ruído em áreas industriais e controle por enclausuramento acústico das fontes [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16132/tde-07062013-135401/pt-br.php
    • Vancouver

      Cremonesi JF, Bistafa SR. Método de análise do ruído em áreas industriais e controle por enclausuramento acústico das fontes [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16132/tde-07062013-135401/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021