Exportar registro bibliográfico

Síntese de filmes automontados de poli(o-metoxianilina) e nanopartículas de pentóxido de vanádio como cátodos em baterias de íon-lítio em líquido iônico (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: NOGUEIRA, FILIPE BRAGA - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: ELETROQUÍMICA; MATERIAIS NANOESTRUTURADOS; LÍQUIDOS IÔNICOS; NANOPARTÍCULAS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho utilizou a técnica de automontagem camada-por-camada para produzir eletrodos híbridos de poli(o-metoxianilina) e nanopartículas de pentóxido de vanádio. Foram obtidos filmes acusticamente rígidos, homogêneos com relação à massa depositada e com crescimento linear com o número de bicamadas depositadas. A caracterização eletroquímica foi realizada por voltametria cíclica, onde esse filme apresentou alta capacidade de intercalação/desintercalação de íons lítio e de forma reversível. A capacidade eletroquímica desse filme foi então comparada com filmes automontados de poli(dialildimetilamônio)/´VIND.2´´OIND.5´ e polialilamina/´VIND.2´´OIND.5´. O filme de Poli(dialildimetilamônio) apresentou um crescimento irregular com dissolução das nanopartículas, o que resultou em uma capacidade eletroquímica extremamente inferior ao filme de poli(o-metoxianilina). O filme de polialilamina apresentou uma deposição mais eficiente de ´VIND.2´´OIND.5´ que o filme de poli(o-metoxianilina), entretanto essa maior quantidade de pentóxido de vanádio não refletiu em um aumento da capacidade do eletrodo. Os resultados de espectroscopia de impedância eletroquímica mostram que o filme de polialilamina é significativamente mais resistivo que o filme de poli(o-metoxianilina). Essa diminuição da condutividade, associada ao fato de que a poli(o-metoxianilina) também participa do processo de eletrointercalação, explicam seu melhor desempenho frente a intercalação de lítio. A difusão iônica do lítio nos filmes automontados foi estudada por varredura linear a diferentes velocidades, foi observado que o coeficiente de difusão no filme com polialilamina é uma ordem de grandeza menor que no filme de poli(o-metoxianilina). Por fim, o desempenho eletroquímico do filme de poli(o-metoxianilina)/´VIND.2´´OIND.5´ foi comparado no eletrólito composto por um líquido iônicohidrofóbico [bis(trifluorometanosulfonil)imideto de 1-butil-2,3-dimetil-imidazólio] com um solvente orgânico convencional (carbonato de propileno). O eletrodo se mostrou estável no líquido iônico, com maior capacidade específica e menor perda de capacidade. O desempenho superior ao eletrólito convencional está relacionado com a natureza iônica do líquido iônico e com a dissolução do filme em carbonato de propileno. Esses resultados, associados com o fato de que o líquido iônico estudado é compatível com ânodos de lítio metálico, indicam cátodos de poli(o-metoxianilina)/´VIND.2´´OIND.5´ em eletrólitos de (bis(trifluorometanosulfonil)imideto de 1-butil-2,3-dimetil-imidazólio podem desenvolver baterias de lítio de alta capacidade, durabilidade e segurança
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.11.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOGUEIRA, Filipe Braga; TORRESI, Roberto Manuel. Síntese de filmes automontados de poli(o-metoxianilina) e nanopartículas de pentóxido de vanádio como cátodos em baterias de íon-lítio em líquido iônico. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-02052013-135256/ >.
    • APA

      Nogueira, F. B., & Torresi, R. M. (2012). Síntese de filmes automontados de poli(o-metoxianilina) e nanopartículas de pentóxido de vanádio como cátodos em baterias de íon-lítio em líquido iônico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-02052013-135256/
    • NLM

      Nogueira FB, Torresi RM. Síntese de filmes automontados de poli(o-metoxianilina) e nanopartículas de pentóxido de vanádio como cátodos em baterias de íon-lítio em líquido iônico [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-02052013-135256/
    • Vancouver

      Nogueira FB, Torresi RM. Síntese de filmes automontados de poli(o-metoxianilina) e nanopartículas de pentóxido de vanádio como cátodos em baterias de íon-lítio em líquido iônico [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-02052013-135256/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020