Exportar registro bibliográfico

Valor da espirometria para detecção de asma em estudos epidemiológicos (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: PEREIRA, LUCIANO PENHA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMS
  • Subjects: ASMA; CAPACIDADE PULMONAR; EPIDEMIOLOGIA ANALÍTICA (ESTUDO)
  • Keywords: Espirometria; Estudos Epidemiológicos; Teste de broncoprovocação; Asthma; Epidemiologic Studies
  • Language: Português
  • Abstract: O diagnóstico da asma baseia-se na anamnese e no exame clínico, mas provas de função pulmonar e avaliação da alergia contribuem para o diagnóstico. A espirometria é o exame complementar mais utilizado em pacientes asmáticos, por ser útil para o diagnóstico, por ser o exame mais disponível no sistema de saúde, para classificação da gravidade e para o monitoramento terapêutico. A medida da reatividade brônquica é um exame mais demorado, tem maior risco, maior custo e é menos disponível. No entanto, é superior por representar melhor a fisiopatologia da asma. Este projeto tem o objetivo de determinar o valor da espirometria na investigação de asma em estudos epidemiológicos (tendo como referência a medida de reatividade brônquica). Foram analisados os dados de 1922 indivíduos que constituíram uma coorte de nascidos em hospitais de Ribeirão Preto em 1978 e 1979. Estes indivíduos preencheram questionários, incluindo o questionário da European Community Respiratory Health Survey; foram submetidos à espirometria e ao teste de broncoprovocação com metacolina, que mede a reatividade brônquica. Para análise dos dados, a asma foi definida pela associação de teste de broncoprovocação positivo com pelo menos um dos sintomas: sibilancia, aperto no peito, dispnéia, dispnéia noturna. A prevalência de volume expiratório forçado no primeiro segundo menor que oitenta por cento (VEF1 < 80%) do previsto (espirometria alterada ou VEF1 reduzido) foi de 10,9%, a prevalência de hiperreatividade brônquica foi de 22,2% e a prevalência de asma foi de 10,4% na amostra de 1922 indivíduos. A espirometria teve sensibilidade de 38% para detectar asma no sexo masculino e de 16% no sexo feminino com especificidades de 94% e 90%, respectivamente. Na análise univariada, houve associação entre espirometria alterada e diagnóstico de asma apenas no sexo masculino com razão de prevalência (RP) de 5,31com intervalo de confiança de 95% de 3,60-7,83. No sexo feminino, a RP foi de 1,34 (0,87-2,07). Na análise multivariada, a associação entre espirometria alterada e o diagnóstico de asma foi evidenciada em homens pela RP de 4,20 (2,71-6,71), mas não foi evidenciada em mulheres: 1,24 (0,79-1,93). O índice Kappa entre VEF1 reduzido e asma foi de 0,13 (0,08 - 0,19). Portanto, empregando-se o teste de broncoprovocação com sintomas para definir asma, a espirometria demonstra limitações, como baixa sensibilidade, fraca concordância e diferenças na capacidade de detectar asma entre homens e mulheres
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.02.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Luciano Penha; VIANNA, Elcio dos Santos Oliveira. Valor da espirometria para detecção de asma em estudos epidemiológicos. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-27052013-152501/ >.
    • APA

      Pereira, L. P., & Vianna, E. dos S. O. (2013). Valor da espirometria para detecção de asma em estudos epidemiológicos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-27052013-152501/
    • NLM

      Pereira LP, Vianna E dos SO. Valor da espirometria para detecção de asma em estudos epidemiológicos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-27052013-152501/
    • Vancouver

      Pereira LP, Vianna E dos SO. Valor da espirometria para detecção de asma em estudos epidemiológicos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-27052013-152501/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020