Exportar registro bibliográfico

Consumo de álcool e tabaco em mulheres na transição menopausal e após a menopausa (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: GUARIZI, RÚBIA HIROMI GUIBO - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSM
  • Subjects: SAÚDE DA MULHER; MENOPAUSA; PÓS-MENOPAUSA; FUMO; ÁLCOOL; CONDIÇÕES DE SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Diante das transformações ocorridas nos papéis sociais das mulheres nas últimas décadas, o uso de substâncias psicoativas como o álcool e o tabaco passou a fazer parte dos seus hábitos, o que nos remete a questionamentos quanto às repercussões geradas sobre a saúde destas mulheres. Objetivo: Estimar a prevalência do consumo de bebidas alcoólicas e tabaco das mulheres na transição e após a menopausa e caracterizar os fatores associados. Métodos: Em estudo transversal foram selecionadas aleatoriamente 875 mulheres de 35 a 65 anos do Programa de Saúde da Família de Pindamonhangaba, São Paulo. As variáveis dependentes analisadas foram o consumo de beidas alcólicas e tabaco. Os fatores associados, condições de saúde e hábitos de vida, foram questionados por meio de inquérito populacional e avaliados por medidas antropométricas. Resultados: Foram investigadas 749 mulheres com idade média de 47,6 e desvio padrão de 8,1 anos. A idade média da menopausa foi 45,8 anos (desvio padrão de 6,8) e a maior parte delas estava na pré menopausa. O consumo de bebidas alcólicas ao menos uma vez nos últimos doze meses esteve presente em 21,9 por cento (IC95%:18,92-24,86) das mulheres e 7,4 por cento delas foram consideradas bebedoras frequentes (bebiam pelo menos uma vez por semana e no mínimo três doses por ocasião). Para o tabagismo, 36,8 por cento (IC95%:33,3-40,2) das mulheres eram fumantes. Os principais fatores associados ao consumo frequente de álcool foram as idades menores de 50 anos, escolaridade maior que o 1º colegial, não ter companheiro e depressão. Como fatores protetores, o tabagismo e a religião evangélica foram observados. Em relação ao fumo, os fatores associados foram a ansiedade, a obesidade e não trabalhar e como protetores foram ingerir álcool frequentemente e diabetes mellitus referida. Conclusão: A prevalência do consumo de bebidas alcoólicas atingiu um quinto da população e como fatoreassociados estiveram a idade, a escolaridade, o estado civil e a depressão, o tabagismo foi encontrado em mais de um terço das mulheres e morbidades como ansiedade e obesidade tiveram associação positiva
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.11.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GUARIZI, Rúbia Hiromi Guibo; ALDRIGHI, José Mendes. Consumo de álcool e tabaco em mulheres na transição menopausal e após a menopausa. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.
    • APA

      Guarizi, R. H. G., & Aldrighi, J. M. (2012). Consumo de álcool e tabaco em mulheres na transição menopausal e após a menopausa. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Guarizi RHG, Aldrighi JM. Consumo de álcool e tabaco em mulheres na transição menopausal e após a menopausa. 2012 ;
    • Vancouver

      Guarizi RHG, Aldrighi JM. Consumo de álcool e tabaco em mulheres na transição menopausal e após a menopausa. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021