Exportar registro bibliográfico

Variação individual no esqueleto apendicular de mastodontes (Proboscidea: Gomphotheriidae) provenientes de São Bento do Una, Pernambuco, Brasil (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: MOLENA, FERNANDA PORCARI - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: PROBOSCIDEA; ANATOMIA; ESQUELETO; OSSO E OSSOS; POLIMORFISMO
  • Keywords: Anatomy; Gomphotheriidae; Gomphotheriidae; Individual variation; Variação individual
  • Language: Português
  • Abstract: Os estudos sobre anatomia e taxonomia de mastodontes são elaborados, principalmente, a partir de dados obtidos de elementos cranianos e dentários, por serem altamente especializados e consistirem em diagnoses para o grupo. Por este motivo, os ossos pós-cranianos acabam sendo negligenciados. O objetivo desta dissertação foi contribuir com novos dados acerca dos mastodontes sul-americanos (família Gomphoteriidae), por meio da descrição detalhada do esqueleto apendicular de exemplares provenientes de São Bento do Una, Pernambuco, bem como pela comparação com exemplares de diversas localidades (representados por 167 exemplares). Foram analisados 71 ossos do esqueleto apendicular atribuídos à Stegomastodon waringi (Holland, 1920), família Gomphotheriidae, e provenientes de São Bento do Una. O material fóssil compreende: úmero (3), ulna (4), rádio (6), escafoide (2), semilunar (2), piramidal (4), pisiforme (2), trapézio (3), trapezoide (3), capitato/magno (5), hamato/unciforme (6), metacarpal I (1), metacarpal II (2), metacarpal III (2), metacarpal IV (3), metacarpal V (3), fêmur (3), tíbia (6), fíbula (2), astrágulo (4), calcâneo (4) e navicular (1). A maioria das variações encontradas repete-se nas mensurações dos ossos de diversas localidades, no entanto, foram observadas variações pontuais, a exemplo dos exemplares de ulna provenientes de Tarija, Bolívia, que apresentam uma concavidade distal ao Processus coronoideus medialis, não observada nos demais exemplares. As tíbiasprovenientes de localidades mais ao sul são as únicas que possuem ambos os tubérculos intercondilares proeminentes. A presença de exemplares adultos de dimensões variadas em São Bento do Una, associada à observação de exemplares com tamanhos distintos, independente do local de coleta, indica que, assim como nos proboscídeos atuais, não é apropriado utilizar o tamanho como parâmetro para separação taxonômica no grupo. A partir da amostra estudada não foi possível diferenciar os táxons de mastodontes sul-americanos por meio do esqueleto apendicular, devido a seu grande polimorfismo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.12.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOLENA, Fernanda Porcari; HOFLING, Elizabeth. Variação individual no esqueleto apendicular de mastodontes (Proboscidea: Gomphotheriidae) provenientes de São Bento do Una, Pernambuco, Brasil. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-01052013-093838/ >.
    • APA

      Molena, F. P., & Hofling, E. (2012). Variação individual no esqueleto apendicular de mastodontes (Proboscidea: Gomphotheriidae) provenientes de São Bento do Una, Pernambuco, Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-01052013-093838/
    • NLM

      Molena FP, Hofling E. Variação individual no esqueleto apendicular de mastodontes (Proboscidea: Gomphotheriidae) provenientes de São Bento do Una, Pernambuco, Brasil [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-01052013-093838/
    • Vancouver

      Molena FP, Hofling E. Variação individual no esqueleto apendicular de mastodontes (Proboscidea: Gomphotheriidae) provenientes de São Bento do Una, Pernambuco, Brasil [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-01052013-093838/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021