Exportar registro bibliográfico

Modelo e ferramenta para avaliação da agilidade no gerenciamento de projetos (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: CONFORTO, EDIVANDRO CARLOS - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SES
  • Subjects: AGILIDADE (DESEMPENHO); AGILIDADE (AVALIAÇÃO); PROJETOS DE PESQUISA (GERENCIAMENTO)
  • Language: Português
  • Abstract: As pesquisas com o objetivo de relacionar o uso de práticas do gerenciamento ágil, desempenho e sucesso do projeto apresentam limitações como baixa qualidade semântica de construtos, dados e instrumentos de coleta com escalas subjetivas e pouco confiáveis, impedindo a verificação da eficácia dessas práticas. Outro problema é a tentativa de relacioná-las diretamente com o desempenho ou sucesso do projeto. Neste trabalho discute-se a hipótese de que a adoção de práticas dessa teoria e o desempenho do projeto não possuem relacionamento direto. Propõe-se a tese de que há um elemento intermediário, denominado neste trabalho de construto agilidade, que pode ser designado como um desempenho. As práticas provenientes da teoria de gerenciamento ágil (ditas ágeis), em conjunto com outros fatores ambientais, contribuiriam para o desempenho em agilidade, e este, por sua vez contribuiria para o desempenho e sucesso do projeto. Considerando esta hipótese, são três os objetivos desta pesquisa: 1) definir agilidade em gerenciamento de projetos; 2) propor um modelo conceitual capaz de explicar a relação entre práticas de gestão de projetos, fatores críticos organizacionais e o desempenho em agilidade, verificando-o; e 3) propor uma ferramenta de diagnóstico da agilidade em gerenciamento de projetos para profissionais, fundamentada no conhecimento contido no modelo conceitual proposto. O modelo conceitual foi concebido a partir de uma definição de agilidade para gerenciamento de projetos, construída com base em revisões sistemáticas e o uso da técnica de semântica de frames. Em seguida, foi realizada uma primeira verificação em campo do modelo por meio de um levantamento (survey) em 171 projetos inovadores, selecionados a partir de grupos de profissionais da rede social LinkedIn®,além de um estudo de caso considerando 4 projetos de uma empresa usuária do gerenciamento ágil. Os resultados demonstraram que o modelo conceitual de agilidade proposto é coerente, pois reproduziu a relação entre práticas, fatores ambientais e o conceito agilidade. Foram identificados os fatores ambientais mais relevantes para o desempenho em agilidade, por exemplo: disponibilidade do cliente para participar ativamente do projeto e dedicação e autonomia dos membros do time de projeto. O conhecimento adquirido na construção e teste do modelo conceitual foi utilizado no desenvolvimento de uma proposta inicial de uma ferramenta de diagnóstico da agilidade. Seu objetivo é auxiliar os profissionais na medição do nível de agilidade e a situação dos projetos, e assim, orientá-los quanto ao uso de práticas gerenciais de maneira mais objetiva e específica, de acordo com o ambiente do projeto. Um teste preliminar desta ferramenta foi conduzido em uma empresa de consultoria em T.I., por meio de levantamento em 12 projetos. Os resultados deste teste preliminar indicaram o potencial da ferramenta para identificar projetos com discrepâncias em relação ao uso de práticas gerenciais, o ambiente organizacional e o desempenho em agilidade. Esta pesquisa tem ao menos três contribuições originais com potenciais implicações para teoria e prática. São elas: 1) a proposição e verificação preliminar de um modelo conceitual, contendo a definição do conceito agilidade e as 5 dimensões; 2) a proposição de variáveis e instrumentos sobre como medir a agilidade no gerenciamento de projetos; e 3) a proposta de uma ferramenta de diagnóstico do nível de desempenho em agilidade em gerenciamento de projetos voltada para profissionais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.03.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CONFORTO, Edivandro Carlos; AMARAL, Daniel Capaldo. Modelo e ferramenta para avaliação da agilidade no gerenciamento de projetos. 2013.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18156/tde-24042013-143146/pt-br.php >.
    • APA

      Conforto, E. C., & Amaral, D. C. (2013). Modelo e ferramenta para avaliação da agilidade no gerenciamento de projetos. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18156/tde-24042013-143146/pt-br.php
    • NLM

      Conforto EC, Amaral DC. Modelo e ferramenta para avaliação da agilidade no gerenciamento de projetos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18156/tde-24042013-143146/pt-br.php
    • Vancouver

      Conforto EC, Amaral DC. Modelo e ferramenta para avaliação da agilidade no gerenciamento de projetos [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18156/tde-24042013-143146/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020