Exportar registro bibliográfico

Tempo e espaço na evolução de Cnidaria Medusozoa: estudos filogeográficos com ênfase em populações do Atlântico Sul-ocidental, e datações da origem das principais linhagens dos cnidários (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: ALE, EZEQUIEL - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIO
  • Subjects: COELENTERATA; FILOGENIA; BIOGEOGRAFIA
  • Keywords: Datações moleculares; Filogeografia; Medusozoa; Medusozoa; Molecular dating; Phylogeography
  • Language: Português
  • Abstract: Estudos filogeográficos para distintas espécies de Medusozoa (Cnidaria) foram conduzidos enfatizando a área nerítica central do Atlântico Sul-ocidental (ASO), entre os litorais sudeste do Brasil e o litoral da província de Buenos Aires na Argentina. Estes foram baseados em sequências de DNA dos genes mitocondriais COI e 16S e do íntron nuclear ITS1, levando em consideração tanto a heterogeneidade atual e a historia geológica das condições oceanográficas do ASO, como também as capacidades dispersivas de Liriope tetraphylla, Olindias sambaquiensis e Acharadria crocea, inferidas pelos seus ciclos de vida. Adicionalmente, a estrutura filogeográfica de Pelagia noctiluca foi avaliada em outras regiões oceânicas, considerando o Atlântico (Atl.) e o Mediterrâneo (Med.) e utilizando os marcadores COI, 16S e ITS1. Este estudo foi conduzido através de calibrações de taxas de substituição baseadas em uma divergência significativa embora filogeneticamente rasa, entre populações do Atl. e do Pacífico. Os resultados específicos indicam: 1) padrões comuns, de expansões populacionais e estruturação genética acompanhada de padrões filogenéticos sem uma correlação geográfica evidente, para as três espécies estudadas do ASO, os quais remetem a alterações de área habitável em períodos glaciais e interglaciais a partir do Pleistoceno médio ou tardio; 2) uma estrutura filogeográfica entre populações de P. noctiluca do Atl. e do Med. que remete a possíveis efeitos de isolamento entre ambas baciasdurante o Gelasiano. Além disso, aspectos dos resultados que sugerem a importância de se considerar que a demografia não seria apenas afetada pela história biogeográfica são discutidos. A demografia também modularia o grau de resposta das populações aos eventos biogeográficos, podendo ser uma característica comum para populações de espécies que mostram padrões filogeográficos similares, a despeito de possuírem biologias marcadamente distaintas. É importante salientar que a prevalência na interpretação da influência da história natural nos estudos biogeográficos não se restringe a estudos microevolutivos. A origem dos metazoários é geralmente associada ao impacto biológico de mudanças ambientais que teriam desencadeando a chamada explosão cambriana. Entretanto, a atividade tectônica que propiciou estas mudanças é pouco discutida dentro de uma abordagem biogeográfica, a qual é considerada controversa. Resultados indicadores de que as principais linhagens de Cnidaria teriam surgido ao longo do Criogeniano e o Ediacarano foram obtidos, Períodos em que novos mares e áreas de plataforma rasa estavam surgindo como resultado da fragmentação da placa continental de Rodínia. A relação entre estes eventos geológicos e um possível surgimento de biotas marinhas diversificadas, as quais poderiam ser consideradas as primeiras cladogêneses em Eumetazoa relacionadas a eventos vicariantes, é uma nova hipótese a ser considerada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.09.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALE, Ezequiel; MARQUES, Antonio Carlos; MEYER, Diogo. Tempo e espaço na evolução de Cnidaria Medusozoa: estudos filogeográficos com ênfase em populações do Atlântico Sul-ocidental, e datações da origem das principais linhagens dos cnidários. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-18012013-160032/ >.
    • APA

      Ale, E., Marques, A. C., & Meyer, D. (2012). Tempo e espaço na evolução de Cnidaria Medusozoa: estudos filogeográficos com ênfase em populações do Atlântico Sul-ocidental, e datações da origem das principais linhagens dos cnidários. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-18012013-160032/
    • NLM

      Ale E, Marques AC, Meyer D. Tempo e espaço na evolução de Cnidaria Medusozoa: estudos filogeográficos com ênfase em populações do Atlântico Sul-ocidental, e datações da origem das principais linhagens dos cnidários [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-18012013-160032/
    • Vancouver

      Ale E, Marques AC, Meyer D. Tempo e espaço na evolução de Cnidaria Medusozoa: estudos filogeográficos com ênfase em populações do Atlântico Sul-ocidental, e datações da origem das principais linhagens dos cnidários [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-18012013-160032/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021