Exportar registro bibliográfico

Tratamento cirúrgico da hidrocefalia de pressão normal (2013)

  • Autor:
  • Autor USP: PINTO, FERNANDO CAMPOS GOMES - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MNE
  • Subjects: DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL (CIRURGIA); MANIFESTAÇÕES NEUROLÓGICAS; DEMÊNCIA; INCONTINÊNCIA URINÁRIA; PROCEDIMENTOS NEUROCIRÚRGICOS; NEUROCIRURGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A Hidrocefalia de Pressão Normal (HPN) é uma doença neurológica caracterizada por um quadro progressivo de apraxia de marcha, alterações cognitivas e incontinência urinária (síndrome de Hakim-Adans), associada à hidrocefalia comunicante (comprovadapor tomografia de crânio ou ressonância magnética de encéfalo) e com a pressão do líquido cefalorraquidiano (LCR) dentro de valores normais (<24 cm.H2O). O tratamento da HPN visa restaurar a capacidade funcional do paciente. Como a HPN acomete principalmente idosos, a decisão sobre quando uma intervenção cirúrgica deve ser realizada requer a ciência da probabilidade de melhora, através da utilização de ferramentas preditoras do resultado pós-cirúrgico: tap test, teste da infusão lombar e drenagem lombar externa contínua por 72 horas com monitorização constante da pressão. Atualmente, para o tratamento de HPN, existem duas principais opções terapêuticas: a derivação ventrículoperitoneal (DVP) e a terceiro-ventriculostomia endoscópica (TVE). A opção mais aceita e realizada é a DVP, principalmente com o implante de válvula programável. Oitenta e um pacientes, portadores de HPN idiopática (HPNi) com tap test positivo e capacidade de deambular preservada, foram operados de 2007 a 2011 no Hospital das Clínicas e no Hospital do Servidor Público Estadual Francisco Morato de Oliveira. Estes pacientes foram distribuídos em 3 diferentes pesquisas prospectivas. Os tratamentos cirúrgicos adotados foram: 15 DVP com válvula de baixa pressão fixa com mecanismo antissifão de membrana (Sphera®, HpBio), 16 TVE (Minop®, lente de 30º, Aesculap), 24 DVP com válvula programável (Strata®, Medtronic), 26 DVP com válvula de pressão fixa (OS Medical, Medtronic). A melhora clínica foi observada em 93% dos pacientes submetidos à DVP Sphera® em 24 meses de seguimento, 75% com a TVE em 12 meses de seguimento, 76,9% com a DVP com a válvula PSMedical em 12 meses de seguimento e 83% com a DVP com válvula programada Strata® em 12 meses de seguimento. Conclui-se que tratar cirurgicamente os pacientes portadores de HPNi implica em melhora clínica em pelo menos 75% dos pacientes no período de 1 ano, independente do tratamento escolhido. A escolha personalizada do tratamento cirúrgico para cada paciente (válvula de pressão fixa, válvula de pressão fixa com mecanismo antissifão, válvula autorregulável, válvula programável ou neuroendoscopia) pode promover os melhores resultados funcionais e o menor custo operacional.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.01.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINTO, Fernando Campos Gomes. Tratamento cirúrgico da hidrocefalia de pressão normal. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/5/tde-15012014-124324/pt-br.php >.
    • APA

      Pinto, F. C. G. (2013). Tratamento cirúrgico da hidrocefalia de pressão normal. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/5/tde-15012014-124324/pt-br.php
    • NLM

      Pinto FCG. Tratamento cirúrgico da hidrocefalia de pressão normal [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/5/tde-15012014-124324/pt-br.php
    • Vancouver

      Pinto FCG. Tratamento cirúrgico da hidrocefalia de pressão normal [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/5/tde-15012014-124324/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021