Exportar registro bibliográfico

Estudo epidemiológico de patógenos circulantes nas populações de onça-pintada e animais domésticos em áreas preservadas de três biomas brasileiros: Cerrado, Pantanal e Amazônia (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: GASPARI, MARIANA MALZONI FURTADO - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPS
  • Subjects: CERRADO (EPIDEMIOLOGIA); EPIDEMIOLOGIA VETERINÁRIA; PATOGENIA ANIMAL
  • Keywords: Panthera onca; Panthera onca; Animals infectious diseases; Conservation medicine; Doenças infecciosas em animais; Epidemiologia veterinária; Jaguar; Medicina da conservação; Onças; Veterinary epidemiology
  • Language: Português
  • Abstract: A fragmentação de habitats e o aumento da proximidade entre as comunidades humanas, animais domésticos e silvestres podem ser responsáveis pelo aparecimento de doenças emergentes, disseminação de patógenos e alterações nos padrões epidemiológicos das doenças. Declínios populacionais em felinos silvestres devido a doenças já foram relatados, porém, pouco se conhece sobre o potencial papel dos patógenos nas populações de onça-pintada. Este estudo teve por objetivo pesquisar a presença de patógenos nas populações de onça-pintada e animais domésticos das regiões do Parque Nacional das Emas-PNE, Parque Estadual do Cantão-PEC e Pantanal sul mato-grossense, e identificar possíveis associações nos diagnósticos encontrados. Entre fevereiro de 2000 e janeiro de 2010, foram coletadas amostras biológicas de 31 onças-pintadas, 1246 bovinos, 179 cães e 36 gatos. Foram realizados diagnósticos sorológicos para brucelas lisas (AAT), Leptospira spp. (SAM), Toxoplasma gondii (MAT; RIFI), vírus da raiva (RFFIT), vírus da cinomose (SN), FIV e FeLV (SnapTM); e diagnósticos moleculares para Babesia spp., Hepatozoon spp., Cytauxzoon spp., Mycoplasma haemofelis, 'Candidatus Mycoplasma haemominutum'; e 'Candidatus Mycoplasma turicensis'. Amostras de fezes de onças-pintadas foram analisadas para Giardia intestinalis, Cryptosporidium spp., protozoários da Família Sarcocystidae e Mycobacterium spp. O monitoramento das onças-pintadas, através do radiotransmissor, permitiu o mapeamento daocorrência dos patógenos. As populações de bovinos das três áreas apresentaram alta exposição à B. abortus, mas apenas uma onça-pintada do PNE foi exposta à brucela lisa. Os sorovares mais prováveis de Leptospira spp. identificados em onças-pintadas do PNE e Pantanal foram distintos dos encontrados nos animais domésticos. As onças-pintadas, cães e gatos das três áreas foram altamente expostos ao T. gondii. Onças-pintadas do PNE e Pantanal foram expostas ao vírus da raiva, assim como as onças-pintadas do Pantanal e os cães das três áreas foram expostos ao vírus da cinomose. Dois gatos do entorno do PEC foram soropositivos para FeLV, mas nenhuma onça-pintada foi exposta ao agente ou ao FIV. Cães do entorno do PNE e do PEC foram positivos para Babesia spp., enquanto todas onças-pintadas foram negativas para o hemoparasita. Todas as onças-pintadas do Pantanal e PNE, e três de quatro onças do PEC foram positivas para Hepatozoon spp. e Cytauxzoon felis, sendo que cães e gatos também foram expostos ao Hepatozoon spp., mas não ao Cytauxzoon spp. As onças-pintadas das três áreas apresentaram alta exposição ao 'Candidatus Mycoplasma haemominutum', e alguns indivíduos do Pantanal e PEC foram positivos para o Mycoplasma haemofelis e 'Candidatus Mycoplasma turicensis'. Poucos gatos foram positivos para os hemoplasmas felinos. Não houve evidências de exposição ao Mycobacterium bovis, e a presença de Cryptosporidium spp. e Giardia intestinalis foi detectada em onças doPNE. De acordo com os resultados, a cinomose e a raiva podem ser consideradas potenciais ameaças às populações de onça-pintada; a brucelose e a leptospirose podem ter sido transmitidas por animais domésticos; e, provavelmente as onças-pintadas possuem papel importante na manutenção do T. gondii, Cytauxzoon felis, Hepatozoon spp. e 'Candidatus Mycoplasma haemominutum' no ambiente. Esses dados são relevantes e devem ser considerados na elaboração de estratégias para a conservação de onça-pintada na natureza
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GASPARI, Mariana Malzoni Furtado; FERREIRA NETO, José Soares. Estudo epidemiológico de patógenos circulantes nas populações de onça-pintada e animais domésticos em áreas preservadas de três biomas brasileiros: Cerrado, Pantanal e Amazônia. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-05102012-134828/ >.
    • APA

      Gaspari, M. M. F., & Ferreira Neto, J. S. (2010). Estudo epidemiológico de patógenos circulantes nas populações de onça-pintada e animais domésticos em áreas preservadas de três biomas brasileiros: Cerrado, Pantanal e Amazônia. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-05102012-134828/
    • NLM

      Gaspari MMF, Ferreira Neto JS. Estudo epidemiológico de patógenos circulantes nas populações de onça-pintada e animais domésticos em áreas preservadas de três biomas brasileiros: Cerrado, Pantanal e Amazônia [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-05102012-134828/
    • Vancouver

      Gaspari MMF, Ferreira Neto JS. Estudo epidemiológico de patógenos circulantes nas populações de onça-pintada e animais domésticos em áreas preservadas de três biomas brasileiros: Cerrado, Pantanal e Amazônia [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-05102012-134828/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020