Exportar registro bibliográfico

Autorização e angústia de influência em Winnicott (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FRANCO, WILSON DE ALBUQUERQUE CAVALCANTI - IP
  • Unidades: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: PSICANÁLISE; HISTÓRIA DA PSICOLOGIA; AUTORIA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho tem como objetivo abordar a forma como se constelaram as angústias de influência para que Winnicott se tornasse o autor que conhecemos em resumo, como se passou a autorização de Winnicott. Suponho que a obra escrita de um autor é a ponta visível de um processo que denominei autorização; a ideia é que todo autor lida, em alguma medida, com angústias associadas à significação que o escrever e/ou o ser-autor assumem para ele. Essa autorização conflui, do ponto de vista assumido aqui, com um reconhecimento e uma afirmação de si perante os pares e as figuras de autoridade que retomam, na chave do grupo de destino da escrita do autor, as questões que a criança tem na fase edípica; tal leitura remonta em muito ao tema da angústia de influência, trabalhada por Harold Bloom, e ao testemunho que Ronald Britton oferece da mesma problemática em relação ao meio psicanalítico. No caso singular de Winnicott, considero o processo de autorização como estando muito relacionado à busca por autenticidade; esta, por sua vez, é entendida como associada ao próprio reconhecimento da existência e da legitimação das formas singulares de afirmação do autor. À sua maneira, Winnicott parece colocar em novos termos a questão em torno da autoridade, na medida em que subverte a problemática da submissão a uma lei maior que funcionaria como tabu a questão passaria por criar uma via própria, singular, por equacionar os imperativos estabelecidos, mas, nesse mesmo gesto de reconhecimento,ele incute uma inovação. A formulação final a que chego, tendo em vista esses aspectos, é que a liberdade de leitura ou a incorporação criativa da tradição ocupam em Winnicott o lugar que a infelicidade cotidiana ou a aceitação da castração assumem em Harold Bloom; na autorização winnicottiana, a liberdade e a idiossincrasia parecem ocupar o lugar que, na triangulação edípica, compete ao pai formulação certamente paradoxal, mas que busca fazer justiça ao pensamento do autor
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.11.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRANCO, Wilson de Albuquerque Cavalcanti; FIGUEIREDO, Luiz Claudio Mendonca. Autorização e angústia de influência em Winnicott. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-19032013-114114/ >.
    • APA

      Franco, W. de A. C., & Figueiredo, L. C. M. (2012). Autorização e angústia de influência em Winnicott. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-19032013-114114/
    • NLM

      Franco W de AC, Figueiredo LCM. Autorização e angústia de influência em Winnicott [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-19032013-114114/
    • Vancouver

      Franco W de AC, Figueiredo LCM. Autorização e angústia de influência em Winnicott [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-19032013-114114/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020