Exportar registro bibliográfico

Contistas a Maupassant: a recepção criativa de Guy de Maupassant no Brasil (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: NEVES, ANGELA DAS - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Subjects: LITERATURA BRASILEIRA (INFLUÊNCIA FRANCESA); LITERATURA FRANCESA; CONTO; INTERTEXTUALIDADE
  • Keywords: Creative response; Premodernism; Prémodernismo; Recepção criativa
  • Language: Português
  • Abstract: Diversos estudiosos apontaram a proximidade das realizações de contistas brasileiros com a obra de Guy de Maupassant (1850-1893). Nesta tese, propomos um estudo paralelo da contística de Maupassant com a obra de oito escritores, que produziram a maior parte de seus textos entre 1880 e 1940: Lúcio de Mendonça, Medeiros e Albuquerque, Simões Lopes Neto, Monteiro Lobato, Lima Barreto, Viriato Correia, Gastão Cruls e Ribeiro Couto. Nosso objetivo é avaliar como ocorreu a recepção criativa do escritor francês nesse período, no Brasil, por meio da observação dos que o leram e o citam em suas obras. Na primeira parte, fazemos um estudo do conjunto da obra de Guy de Maupassant, de cada gênero a que o escritor se dedicou, o que nos fornece uma visão aprofundada e de conjunto de sua poética. A partir de uma tipologia de suas narrativas curtas, em que se valoriza sua riqueza e variedade de formas e temas, sugerimos uma abordagem comparativa com os escritores brasileiros, que nos ocupa na segunda parte deste trabalho. Nos capítulos dedicados a cada escritor brasileiro em questão, fazemos uma apresentação de nomes e obras, na maioria das vezes pouco conhecidos do público em geral, pois pouco referidos em manuais de literatura brasileira ou em estudos sobre o conto no Brasil. Com exceção de Simões Lopes Neto, Monteiro Lobato e Lima Barreto, os demais contistas possuem ainda raros estudos a respeito de suas obras, constatação que aqui pretendemos ajudar a corrigir. A seleção dos textosbrasileiros estudados reflete o duplo movimento da argumentação da tese comparativa com o conto maupassantiano e o da valorização de narrativas exemplares de contistas brasileiros, hoje injustamente esquecidos. Se esse grupo de escritores obteve, por meio da leitura de Maupassant, uma motivação para a criação de seus contos, por outro lado, colaboraram individualmente para a escrita de obras-primas bastante originais no gênero, no Brasil de seu tempo. O momento aqui recortado revela diversos nomes importantes que, juntos ao de Machado de Assis, contribuíram para a firmação do conto brasileiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.10.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NEVES, Angela das; AMARAL, Gloria Carneiro do. Contistas a Maupassant: a recepção criativa de Guy de Maupassant no Brasil. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-15032013-105952/ >.
    • APA

      Neves, A. das, & Amaral, G. C. do. (2012). Contistas a Maupassant: a recepção criativa de Guy de Maupassant no Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-15032013-105952/
    • NLM

      Neves A das, Amaral GC do. Contistas a Maupassant: a recepção criativa de Guy de Maupassant no Brasil [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-15032013-105952/
    • Vancouver

      Neves A das, Amaral GC do. Contistas a Maupassant: a recepção criativa de Guy de Maupassant no Brasil [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-15032013-105952/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021