Exportar registro bibliográfico

Palatabilidade, qualidade de fezes e digestibilidade aparente de equinos submetidos a dietas com diferentes níveis de inclusão de casca de soja (2013)

  • Authors:
  • Autor USP: KABE, ASSUKA MARINA GODOY - FZEA
  • Unidade: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZAZ
  • Subjects: EQUINOS; SUBPRODUTOS PARA ANIMAIS; HÁBITO ALIMENTAR ANIMAL; DIGESTIBILIDADE
  • Keywords: Buffering capacity; Byproducts; Capacidade tamponante; Coprodutos; Preference test; Teste de preferência
  • Language: Português
  • Abstract: Com o objetivo de avaliar o efeito da inclusão de níveis crescentes de casca de soja (0, 7, 14, 21 e 28%) no concentrado para equinos, foram realizados dois experimentos, ambos conduzidos no Setor de Equideocultura da Prefeitura do Campus de Pirassununga da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos. O primeiro experimento consistiu em ensaio de palatabilidade, composto pela análise conjuntas das variáveis: primeira ação (ação realizada pelo animal assim que entrou em contato com os concentrados, cheirou ou comeu), primeira escolha (primeiro concentrado efetivamente ingerido pelo animal), e razão de ingestão (quantidade de cada um dos concentrados ingerida em relação ao total consumido, em um período de 3 minutos). Para tanto, foram utilizados dez equinos, em delineamento inteiramente casualisado. Foi observado efeito (p<0,05) para a primeira ação, sendo que 37,19% dos animais cheiraram e 62,81% dos animais ingeriram os concentrados. Já, para as variáveis primeira escolha e razão de ingestão, não foi observada diferença (p>0,05), demonstrando-se que a preferência e consumo de cada um dos concentrados foram semelhantes. No segundo experimento realizou-se ensaio de digestibilidade aparente dos nutrientes e características físico-químicas das fezes. Cinco éguas dispostas em delineamento quadrado latino 5x5, foram utilizadas. A dieta utilizada apresentou 60% de volumoso (feno de Coast-Cross) e 40% de concentrado, visando atender as exigências nutricionais dacategoria animal. Realizaram-se análises para determinação dos teores de matéria seca (MS), matéria mineral (MM), matéria orgânica (MO), extrato etéreo (EE) e proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), hemicelulose (HC) e energia Bruta (EB), nutrientes para os quais foi determinada a digestibilidade aparente. As características físico químicas das fezes foram analisadas avaliando-se as concentrações de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) o pH, a capacidade tamponante a 5 e a 6, e características de cor e consistência das fezes. Não foi observado efeito (p>0,05) dos níveis de inclusão sobre os coeficientes de digestibilidade dos nutrientes, bem como não houve efeito (p>0,05) sobre as características físico-químicas das fezes. Os Coeficientes de digestibilidade dos nutrientes encontram-se dentro dos valores preconizados pela literatura, sendo os coeficientes médios de digestibilidade aparente de MS, MO, FDN, FDA, HC, PB, EE, EB, respectivamente de: 53,67; 54,71; 47,04; 39,50;54,08; 66,74 e 83,73%. O pH médio observado foi de 6,4 e a capacidade tamponante ao pH 5 (CT5) e capacidade tamponante ao ph 6 (CT6) médias foram respectivamente de 14,09 e 4,41 (mmol/l). Para as características físicas das fezes, cor e consistência, 100% das fezes apresentaram-se esverdeadas e 90% normais, evidenciando que não houve alteração deletéria no intestino grosso dos equinos. A casca de soja pode ser incluída em dietas para equinos, em níveisde até 28% do concentrado, sem causar efeito deletério sobre a digestibilidade dos nutrientes da dieta e sobre a palatabilidade dos concentrados, além de não apresentam efeito deletério sobre as características físico-químicas das fezes, sugerindo manutenção da saúde do trato digestório
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.02.2013
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KABE, Assuka Marina Godoy; BRANDI, Roberta Ariboni. Palatabilidade, qualidade de fezes e digestibilidade aparente de equinos submetidos a dietas com diferentes níveis de inclusão de casca de soja. 2013.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-20032013-083421/ >.
    • APA

      Kabe, A. M. G., & Brandi, R. A. (2013). Palatabilidade, qualidade de fezes e digestibilidade aparente de equinos submetidos a dietas com diferentes níveis de inclusão de casca de soja. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-20032013-083421/
    • NLM

      Kabe AMG, Brandi RA. Palatabilidade, qualidade de fezes e digestibilidade aparente de equinos submetidos a dietas com diferentes níveis de inclusão de casca de soja [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-20032013-083421/
    • Vancouver

      Kabe AMG, Brandi RA. Palatabilidade, qualidade de fezes e digestibilidade aparente de equinos submetidos a dietas com diferentes níveis de inclusão de casca de soja [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-20032013-083421/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020