Exportar registro bibliográfico

A sede do capital: o abastecimento de água em favelas da periferia da cidade do Rio de Janeiro (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: PRIETO, GUSTAVO FRANCISCO TEIXEIRA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: ABASTECIMENTO DE ÁGUA; CAPITAL (ECONOMIA); MARXISMO; FAVELAS
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa de Geografia Urbana objetiva analisar o abastecimento de água nas favelas da periferia da cidade do Rio de Janeiro no período da mundialização financeira do capital, principalmente no que se refere aos impactos da implantação de políticas públicas de saneamento, especialmente o Programa Favela Bairro, momento da realização da urbanização de favelas como negócio e do urbano como mercadoria. Compreendemos que viver sem água modifica substancialmente a vida cotidiana e demonstra a crise estrutural do capital. Em outras palavras, entendemos que a nova qualidade do capital contemporâneo é a destruição destrutiva, realizada pela lógica da valorização e da reprodução ampliada, a qual explicita a situação permanentemente crítica da sociedade. Para isso, desdobramos como a crise ecológica se apresenta como crise da água, sendo essa uma das aparências da crise do capital. Expomos nossa compreensão sobre os meandros da crise capitalista e verificamos como a gestão capitalista da água se apresenta em inúmeras metáforas e fetiches, particularmente ancorada no debate sobre a produção de novas raridades e de como os movimentos de transformação da água em mercadoria-água (o mercado de água potável) fundamentam um negócio e um comércio bastante lucrativos. A questão da precariedade do abastecimento de água em favelas na periferia carioca se apresentou como portadora das contradições desse processo. Assim, buscamos compreender como a produção do espaço urbano da Zona Oeste doRio de Janeiro se realizou, especialmente os movimentos de transformação da urbanização de favelas e de loteamentos na periferia, e como estes se encontram nesse momento de dominância financeira do capital. Observamos então as ilusões da transparência e a ilusão da opacidade desse processo em que o aparelho do Estado, conceitos produzidos por parte da Academia e os meios de comunicação de massa reforçam esses fundamentos baseados no planejamento submetido à mercadoria. Esses processos substanciam a compreensão da situação permanentemente crítica em que se insere marginalmente o proletariado urbano das favelas e periferias da metrópole capitalista. O aparelho do Estado e as políticas públicas paliativas não universalizam e muito menos resolvem as inúmeras problemáticas que envolvem o saneamento. Essa dissertação busca, então, contribuir para a análise crítica da crise capitalista, apontar alguns porquês da sede do capital e contribuir com o debate marxista, especialmente na Geografia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.09.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRIETO, Gustavo Francisco Teixeira; CUSTÓDIO, Vanderli. A sede do capital: o abastecimento de água em favelas da periferia da cidade do Rio de Janeiro. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-28022013-104911/ >.
    • APA

      Prieto, G. F. T., & Custódio, V. (2011). A sede do capital: o abastecimento de água em favelas da periferia da cidade do Rio de Janeiro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-28022013-104911/
    • NLM

      Prieto GFT, Custódio V. A sede do capital: o abastecimento de água em favelas da periferia da cidade do Rio de Janeiro [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-28022013-104911/
    • Vancouver

      Prieto GFT, Custódio V. A sede do capital: o abastecimento de água em favelas da periferia da cidade do Rio de Janeiro [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-28022013-104911/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021