Exportar registro bibliográfico

Variabilidade genética e estimativa da taxa de cruzamento do pinhão manso (Jatropha curcas L.) empregando marcadores moleculares (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BRESSAN, EDUARDO DE ANDRADE - CENA
  • Unidades: CENA
  • Subjects: APOMIXIA; DIVERSIDADE GENÉTICA; GENÉTICA DE POPULAÇÕES; PLANTAS OLEAGINOSAS
  • Language: Português
  • Abstract: O pinhão manso é uma pequena árvore tropical que adquiriu importância econômica pelo conteúdo de óleo em suas sementes e pela possibilidade de sua utilização para produção de biocombustível. As sementes e o óleo do pinhão manso são tóxicos devido principalmente à presença de ésteres de forbol, o que dificulta a sua utilização direta para o consumo humano e também dos resíduos para a alimentação animal. A falta de programas de melhoramento e cultivares comerciais e problemas com pragas e doenças estão desestimulando o cultivo do pinhão manso pelo mundo. Por se tratar de uma espécie semi-domesticada, a utilização de marcadores moleculares como ITS, PCR-RFLP, microssatélites e TRAP poderia auxiliar nos estudos de diversidade genética, visando o desenvolvimento de variedades adaptadas às necessidades dos agricultores. O objetivo deste estudo foi caracterizar a variabilidade genética de acessos de pinhão manso depositados no Banco de Germoplasma da Universidade Federal de São Carlos, além de possibilitar estudos sobre as relações entre as populações, centros de diversidade e determinar o sistema reprodutivo da espécie. Os resultados são discutidos destacando que a maior parte da diversidade encontra-se entre as populações estudadas. Os resultados derivados dos quatro marcadores utilizados corroboram que o centro de diversidade da espécie possivelmente está na América, com destaque para o México, Brasil e Colômbia. Os resultados apontam também para a diferenciação genética dosacessos atóxicos dos mexicanos quando comparados com os demais acessos tóxicos de pinhão manso. Os marcadores microssatélites desenvolvidos indicam que o pinhão manso apresenta um sistema misto de reprodução, combinando autofecundações, apomixia e cruzamento entre indivíduos aparentados, o que pode explicar a menor diversidade genética encontrada dentro das populações. Devido ao sistema misto de reprodução e aos acasalamentos correlacionados, a coleta de sementes de polinização aberta para fins de melhoramento ou conservação deve ser conduzida em um número de árvores acima de 100, visando garantir uma amostra estruturada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.01.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRESSAN, Eduardo de Andrade; FIGUEIRA, Antonio Vargas de Oliveira. Variabilidade genética e estimativa da taxa de cruzamento do pinhão manso (Jatropha curcas L.) empregando marcadores moleculares. 2012.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-17012013-105732/ >.
    • APA

      Bressan, E. de A., & Figueira, A. V. de O. (2012). Variabilidade genética e estimativa da taxa de cruzamento do pinhão manso (Jatropha curcas L.) empregando marcadores moleculares. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-17012013-105732/
    • NLM

      Bressan E de A, Figueira AV de O. Variabilidade genética e estimativa da taxa de cruzamento do pinhão manso (Jatropha curcas L.) empregando marcadores moleculares [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-17012013-105732/
    • Vancouver

      Bressan E de A, Figueira AV de O. Variabilidade genética e estimativa da taxa de cruzamento do pinhão manso (Jatropha curcas L.) empregando marcadores moleculares [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-17012013-105732/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020