Exportar registro bibliográfico

A escrita dos estados-limite como um recurso de ampliação da escuta psicanalítica (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated author: DALó, LUIS HENRIQUE DE OLIVEIRA - IP
  • School: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: PSICANÁLISE; METAPSICOLOGIA; ESCRITA (PSICOLOGIA); TRANSTORNO DA PERSONALIDADE BORDERLINE
  • Keywords: Borderline case; Borderline state; Caso-limite; Escrita Psicanalítica; Estado-limite; Psychoanalytic Writing
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho abre um campo de investigação da escrita psicanalítica impulsionada por estados-limite em que situações de bloqueio da escuta psicanalítica são vividas na experiência clínica. A escrita do psicanalista é considerada análoga à formação e à interpretação dos sonhos e, portanto, à sua escuta; essa escrita serve de instrumento de investigação da experiência clínica, na medida em que se enraíza no tempo da experiência no campo transferencial. O estado-limite é definido nesta pesquisa a partir de um deslocamento do conceito de caso-limite: a incidência do traumático e do campo do irrepresentável é pensada para além do funcionamento intrapsíquico do analisando, estendido ao funcionamento intersubjetivo do campo transferencial. A escrita do analista é, então, apresentada como um possível recurso de recuperação do trabalho clínico nessas circunstâncias em que a escuta se perde, paralisada ou esvanecida. O trabalho miúdo do analista em relação à sua prática clínica encontra-se vinculado ao campo teórico psicanalítico, que é então movimentado a partir dos limites clínicos e da possibilidade de pensá-los psicanaliticamente; nessa medida, a escrita pode ser considerada um recurso de ampliação e não apenas de recuperação da escuta psicanalítica. Alguns textos que se originam de situações críticas vividas na clínica ou na cultura constituem parte desta pesquisa. São situações traumáticas de difícil elaboração, que exigem trabalho de ligação psíquica por parte do analista;porém, esse trabalho exigido não encontra condições de se realizar no tempo da experiência limítrofe. Por meio desses escritos, bem como de articulações teóricas que os têm como suporte, é possível reconhecer a escrita psicanalítica como um recurso de abertura de campos inaudíveis no tempo dos estados-limite
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.08.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DALÓ, Luis Henrique de Oliveira; LOFFREDO, Ana Maria. A escrita dos estados-limite como um recurso de ampliação da escuta psicanalítica. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-03122012-105144/ >.
    • APA

      Daló, L. H. de O., & Loffredo, A. M. (2012). A escrita dos estados-limite como um recurso de ampliação da escuta psicanalítica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-03122012-105144/
    • NLM

      Daló LH de O, Loffredo AM. A escrita dos estados-limite como um recurso de ampliação da escuta psicanalítica [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-03122012-105144/
    • Vancouver

      Daló LH de O, Loffredo AM. A escrita dos estados-limite como um recurso de ampliação da escuta psicanalítica [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-03122012-105144/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020