Exportar registro bibliográfico

Estudo in vivo da etiologia das lesões cervicais não cariosas (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: AGUIAR, LIVIA MARIA DANTE - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODD
  • Assunto: PATOLOGIA BUCAL
  • Keywords: Desgaste dental; Etiologia; Lesões cervicais não cariosas
  • Language: Português
  • Abstract: As lesões cervicais não cariosas (LCNCs) são caracterizadas pela perda de estrutura dental no terço cervical dos dentes, que se origina a partir de mecanismos não relacionados com o processo de cárie. Este trabalho buscou investigar a correlação das LCNCs (severidade e acometimento), com os seguintes fatores: idade, sexo, dieta, hábitos parafuncionais, hábitos de higiene dental, distúrbios gástricos e aspectos oclusais. Foram estudados cinquenta pacientes (36 mulheres e 14 homens), com idades entre 20 e 62 anos (média de 40.9 anos). A avaliação consistiu na aplicação de questionários e exame clínico intraoral. Um índice de desgaste dental foi utilizado para classificação da severidade das LCNCs e do desgaste da borda incisal/face oclusal. Os resultados mostraram que os primeiros pré-molares (20,5%), segundos pré-molares (19,5%), caninos (14%), primeiros molares (13,9%) e segundos molares (11,6%) foram os dentes mais acometidos pelas LCNCs. Foi constatada correlação positiva entre idade e o percentual de dentes acometidos, ou seja, quanto maior a idade do paciente, maior foi o percentual de dentes acometidos com LCNC (p=0,003). Foi constatado que os pacientes com ingestão diária de alimentos e bebidas ácidas apresentaram relação significante com a severidade das LCNCs (p=0,038) e também apresentaram maior percentual de dentes acometidos pelas LCNCs (p=0,014). Não foi verificada relação significante entre as LCNCs (severidade e percentual de dentes acometidos) com o sexo dos (Continua)(Continuaçâo) pacientes, número de escovações diárias, apertamento dental, bruxismo, distúrbios gástricos, força durante a escovação e tipo de cerdas da escova. Quanto aos aspectos relacionados à oclusão, foi observada pequena correlação (r=0,079) entre o desgaste cervical e o desgaste da borda incisal/face oclusal. Em nenhum caso foi observada diferença estatística significante da severidade das LCNCs entre dentes que participam ou não do movimento de lateralidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.09.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AGUIAR, Livia Maria Dante; VIEIRA, Glauco Fioranelli. Estudo in vivo da etiologia das lesões cervicais não cariosas. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23134/tde-14012013-124821/ >.
    • APA

      Aguiar, L. M. D., & Vieira, G. F. (2012). Estudo in vivo da etiologia das lesões cervicais não cariosas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23134/tde-14012013-124821/
    • NLM

      Aguiar LMD, Vieira GF. Estudo in vivo da etiologia das lesões cervicais não cariosas [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23134/tde-14012013-124821/
    • Vancouver

      Aguiar LMD, Vieira GF. Estudo in vivo da etiologia das lesões cervicais não cariosas [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23134/tde-14012013-124821/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021