Exportar registro bibliográfico

Biomonitoramento vegetal da qualidade do ar em Ribeirão Preto - SP (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, ANA PAULA MILLA DOS - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: ESTRESSE OXIDATIVO; DOENÇAS RESPIRATÓRIAS; SAÚDE AMBIENTAL; POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA
  • Keywords: Air pollution; Biological indicators; Environmental health; Indicadores biológicos; Oxidative estress; Poluição do ar; Respiratory tract diseases
  • Language: Português
  • Abstract: O monitoramento da qualidade do ar em Ribeirão Preto-SP é realizado pela Cetesb por métodos convencionais e, até o momento, nenhum estudo experimental sobre biomonitoramento da poluição atmosférica foi realizado na região. O município apresenta um crescente número de veículos automotores e está localizado em uma das regiões mais importantes do país para o setor sucroalcooleiro. A frequente queima da biomassa insere a região na lista do campo de atuação do VIGIAR-Programa de Vigilância em Saúde Ambiental do Ministério da Saúde, sendo de interesse, tanto o monitoramento da poluição do ar, como o conhecimento dos indicadores de saúde da população exposta. Nesse contexto, esta pesquisa teve como objetivo avaliar a qualidade do ar em Ribeirão Preto por meio de biomonitoramento vegetal, relacionando ao quadro de morbidade respiratória da população. Os experimentos foram conduzidos em três regiões urbanas do município, durante dois períodos: março a junho e julho a outubro de 2011. Em cada região foram expostas 24 mudas de cada espécie, Tibouchina pulchra e Tradescantia pallida, a 50% de sombreamento e a pleno sol. Foram analisados parâmetros fisiológicos, anatômicos, de crescimento e a composição química foliar. Os resultados foram comparados entre regiões e tratamentos de sol e sombra, relacionado-os com parâmetros ambientais (MP10, NO2, O3, temperatura, umidade relativa do ar, precipitação e radiação solar). O quadro de morbidade respiratória da população foi analisado, buscando-se relacionar dados de internações do Datasus com indicadores ambientais obtidos na Cetesb e no CIIAgro, entre 2009 e 2011. Os resultados indicaram que os níveis de poluentes atmosféricos no município, no período do estudo, comprometeram a capacidade fotossintética das plantas, afetando significativamente o seu crescimento. Em geral, as plantas expostas na região central apresentarammaior fotoinibição, menor teor de clorofila total, menor atividade específica da SOD, menor espessura foliar, menor AFE, menor produção de biomassa e maior acúmulo foliar de elementos químicos relacionados à poluição atmosférica. Ainda, foi possível observar maior efeito genotóxico durante a formação de gametas em T. pallida, em plantas expostas nessa região, caracterizada por intenso fluxo de veículos. Quanto à relação entre a taxa de internações hospitalares por doenças respiratórias e a concentração mensal de MP10 e NO2, destaca- se que, mesmo diante de níveis de poluição abaixo dos limites permitidos pelos padrões nacionais, foi observada uma associação moderada, principalmente entre crianças menores de cinco anos de idade, no período mais seco e frio do ano. Os resultados encontrados com esta pesquisa poderão servir como subsídios para a implementação dos novos padrões de qualidade do ar, atualmente em discussão no estado de São Paulo, ao revelar importantes indicadores de estresse em plantas devido à exposição a poluentes atmosféricos, mostrando ser factível a utilização do biomonitoramento para avaliação da qualidade do ar, como ferramenta complementar, além de um importante elemento para programas de educação ambiental. Esta pesquisa também revela a importância de adoção de evidências científicas, quanto ao impacto da poluição do ar sobre a saúde, pelo sistema de gestão ambiental, estimulando o desenvolvimento de estratégias inovadoras para alcançar melhores indicadores de qualidade do ar. Ainda, esta investigação traz novas ferramentas para a identificação de áreas de atenção ambiental atmosférica de interesse para a saúde, assim como de grupos populacionais expostos à poluição do ar, o que representa um dos grandes desafios do Programa de Ações Prioritárias da Vigilância em Saúde do VIGIAR, não apenas no estado de SãoPaulo, mas também em realidades similares
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.11.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Ana Paula Milla dos; HUAMAN, Carlos Alberto Martinez y; TAKAYANAGUI, Angela Maria Magosso. Biomonitoramento vegetal da qualidade do ar em Ribeirão Preto - SP. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-14012013-132054/ >.
    • APA

      Santos, A. P. M. dos, Huaman, C. A. M. y, & Takayanagui, A. M. M. (2012). Biomonitoramento vegetal da qualidade do ar em Ribeirão Preto - SP. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-14012013-132054/
    • NLM

      Santos APM dos, Huaman CAM y, Takayanagui AMM. Biomonitoramento vegetal da qualidade do ar em Ribeirão Preto - SP [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-14012013-132054/
    • Vancouver

      Santos APM dos, Huaman CAM y, Takayanagui AMM. Biomonitoramento vegetal da qualidade do ar em Ribeirão Preto - SP [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-14012013-132054/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021