Exportar registro bibliográfico

Aplicação da técnica de imagens por ressonância magnética para o desenvolvimento de estudo não invasivo dos efeitos do estresse hídrico no crescimento de raízes em plantas de batata (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SECO, GABRIELA BERGAMASCHI - IFSC
  • Unidade: IFSC
  • Sigla do Departamento: FFI
  • Subjects: BATATA (PRODUTIVIDADE); IMAGEM POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA; FRACTAIS; AQUECIMENTO GLOBAL
  • Keywords: Cultura da batata; Estresse hídrico; Imagem por ressonância magnética; Magnetic Resonance Imaging; Potato crop; Water stress
  • Language: Português
  • Abstract: Considerando que a batata é o terceiro produto alimentar mais importante no mundo é necessária sua preservação e adaptação para as diferentes comunidades e condições ambientais do planeta, pois a consequência da redução da produção desse alimento pode ser a fome em todo o mundo. Um potecial causador desse problema é o aquecimento global, que é cada vez mais aceito pela ciência e as mudanças climáticas que vêm acontecendo no planeta. Alguns estudos sobre o efeito do aquecimento global e também mais especificamente do estresse hídrico sobre a cultura da batata estão sendo realizados, e são analisados os efeitos sobre cada parte da planta, como folhas, brotos, raízes, etc, porém o estudo sobre a raiz da batata é realizado de forma invasiva, ou seja, é necessário remover a planta do substrato. Nesse trabalho, apresentamos uma técnica para o estudo dos efeitos do estresse hídrico sobre a raiz da batata de forma não invasiva, portanto, os estudos serão realizados sem a remoção da planta do substrato. Dessa forma, poderão ser acompanhados os efeitos do estresse hídrico na planta em todos os estádios do desenvolvimento. Além disso, pode-se acompanhar o crescimento natural da raiz, diferentemente de outros modelos de estudo. A análise foi realizada com amostras da cultivar Ágata, plantadas em substrato sem substâncias paramagnéticas, e para isso foi utilizada a cultura hidropônica. Foram realizadas Imagens de Ressonância Magnética e em seguida um processamento e quantificação das imagens através da ferramenta matemática Multifractal. A técnica mostrou-se promissora para esse estudo, pois parâmetros multifractais mostraram-se sensíveis ao estresse hídrico, portanto, poderão ser realizados futuros estudos em outras cultivares de batata sob efeito do estresse hídrico.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.10.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SECO, Gabriela Bergamaschi; TANNÚS, Alberto. Aplicação da técnica de imagens por ressonância magnética para o desenvolvimento de estudo não invasivo dos efeitos do estresse hídrico no crescimento de raízes em plantas de batata. 2012.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-10012013-100427/ >.
    • APA

      Seco, G. B., & Tannús, A. (2012). Aplicação da técnica de imagens por ressonância magnética para o desenvolvimento de estudo não invasivo dos efeitos do estresse hídrico no crescimento de raízes em plantas de batata. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-10012013-100427/
    • NLM

      Seco GB, Tannús A. Aplicação da técnica de imagens por ressonância magnética para o desenvolvimento de estudo não invasivo dos efeitos do estresse hídrico no crescimento de raízes em plantas de batata [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-10012013-100427/
    • Vancouver

      Seco GB, Tannús A. Aplicação da técnica de imagens por ressonância magnética para o desenvolvimento de estudo não invasivo dos efeitos do estresse hídrico no crescimento de raízes em plantas de batata [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-10012013-100427/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021