Exportar registro bibliográfico

Atlas semântico-lexical da região norte do alto Tietê (ReNAT) - São Paulo (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SOARES, RITA DE CáSSIA DA SILVA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLL
  • Subjects: GEOGRAFIA LINGUÍSTICA; ATLAS LINGUÍSTICO; DIALETOLOGIA; PORTUGUÊS DO BRASIL
  • Keywords: Atlas semântico-lexical; Lexical Semantics; Lexical-semantic atlas; North region of the High Tietê; Região Norte do Alto Tietê-São Paulo; Semântico-lexical
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese teve como objetivo identificar a norma semântico-lexical de cinco municípios da Região Norte do Alto Tietê- ReNAT, no estado de São Paulo,e pauta-se pelos estudos dialetológicos, geolinguísticos e sociogeolinguísticos. O local da pesquisa, a antiga Vila de Nossa Senhora da Conceição dos Guarulhos, é atualmente uma região composta por cinco municípios: Guarulhos, Arujá, Santa Isabel, Mairiporã e Nazaré Paulista. Está situada na Região Metropolitana de São Paulo, com exceção do quinto município, Nazaré Paulista, localizado na microrregião de Atibaia. A origem da região composta pelos cinco municípios, corpus do trabalho, remonta à época da fundação de São Paulo. Três municípios estão situados na região do Alto Tietê, ao norte do rio que leva o mesmo nome, por isso é denominada ReNAT. A vila era inicialmente povoada pelos índios Maromomis. A tese fundamentou-se nos trabalhos linguísticos voltados para a Dialetologia, a Geolinguística a Sociolinguística variacionista, a Sociolinguística interacional, a Semântica e a Lexicologia. Além do tratamento quantitativo dos dados, conforme a proposta de Muller, privilegiou a abordagem dos aspectos semânticos-lexicais a partir de Pottier e Rastier, e baseou-se na concepção de norma de Coseriu. Assim, de acordo com os procedimentos teórico-metodológicos atuais da Geolinguística e da Sociogeolinguística, aplicaram-se as 202 questões do questionário Semântico-Lexical (QSL) do projeto ALiB e, também, 31 questões do QuestionárioSemântico-Lexical do Projeto Estudo sociogeolinguístico do Município de São Paulo, elaborado pelo Grupo de Pesquisa em Dialetologia e Geolinguística (GPDG) da Universidade de São Paulo. As entrevistas foram desenvolvidas in loco, ou seja, nos seis pontos da pesquisa, localizados nos cinco municípios. As 233 questões, dos dois questionários, foram aplicadas a 24 sujeitos-entrevistados de ambos os gêneros masculino e feminino em duas faixas etárias, quais sejam: 18 a 30 anos e 50 a 65 anos. Os resultados estão apresentados em gráficos ou tabelas com informações de frequências absoluta e relativa. A esses dados, seguiu-se a análise interpretativa dos resultados de cada questão. As respostas dos sujeitos-entrevistados, bem como a localização destes estão registradas em 233 cartogramas linguísticos. Acredita-se que as palavras refletem a história dos sujeitos, confirmando que para a expressão linguística são exigidos fatores internos e estes estão associados a fatores externos à linguagem. Assim, a língua, conforme o espaço, variação diatópica, sofre variações. Toda a dinamicidade da língua é evidenciada sobretudo no léxico, nível linguístico que melhor expressa a mobilidade das estruturas sociais, o qual reflete a maneira como a sociedade vê e representa o mundo. Ao final da pesquisa, mostrou-se o quadro da diversidade linguística na região, constatando-se a variação semântico-lexical na ReNAT. Enfim, a tese registrou a realidade linguística dos cinco municípios que compõem aregião pesquisada, com relação ao léxico utilizado pelos sujeitos-entrevistados. Sabe-se que a área pesquisada tem dimensões pequenas, mas, ainda assim, revela sua importância para os estudos sociogeolinguísticos, pois expressa a situação real de uso da linguagem do sujeito num espaço e momento determinado, e também denota as características sócio-histórico-culturais de uma comunidade linguística
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.10.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOARES, Rita de Cássia da Silva; SANTOS, Irenilde Pereira dos. Atlas semântico-lexical da região norte do alto Tietê (ReNAT) - São Paulo. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-09012013-113318/ >.
    • APA

      Soares, R. de C. da S., & Santos, I. P. dos. (2012). Atlas semântico-lexical da região norte do alto Tietê (ReNAT) - São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-09012013-113318/
    • NLM

      Soares R de C da S, Santos IP dos. Atlas semântico-lexical da região norte do alto Tietê (ReNAT) - São Paulo [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-09012013-113318/
    • Vancouver

      Soares R de C da S, Santos IP dos. Atlas semântico-lexical da região norte do alto Tietê (ReNAT) - São Paulo [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-09012013-113318/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021