Exportar registro bibliográfico

Avaliação da qualidade ambiental: mercado municipal de São Carlos/SP (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, LÊNIN DE MATOS - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: COMPOSTOS VOLÁTEIS; POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA; DIÓXIDO DE CARBONO; TEMPERATURA; RUÍDO URBANO
  • Language: Português
  • Abstract: O Mercado Municipal de São Carlos é um centro comercial bastante importante, reunindo diversos tipos de lojas e serviços. Um grande número de pessoas frequenta o local diariamente, além de ser o ambiente de trabalho de vários comerciantes. Foi realizado diagnóstico da qualidade do ambiente interno do Mercado Municipal da cidade de São Carlos/SP, através do monitoramento dos seguintes parâmetros: MP10; MP2,5; 'C0 IND.2'; 'CO'; COV; temperatura; umidade relativa e ruído. As coletas de dados foram realizadas durante o ano de 2011. Para todos os parâmetros analisados foram escolhidos 12 pontos amostrais internos e um ponto amostral externo, com exceção do ruído, que teve 9 pontos internos. Os dados amostrais internos de MP10 e de MP2,5 revelaram concentrações médias de 44,55 'mü'g/'M POT.3' e 31,96 'mü'g/'M POT.3', respectivamente. As concentrações externas médias foram de 35,60 'mü'g/'M POT.3' para MP10 e de 25,91 'mü'g/'M POT.3' para MP2,5. As concentrações médias observadas de material particulado estiveram abaixo dos valores recomendados pela OMS. A razão MP2,5/MP10 esteve acima de 70% indicando predominância de particulado superfino na fração MP10 do material particulado em suspensão. Análises químicas por fluorescência de raios-X foram realizadas no material particulado coletado e os elementos químicos identificados foram: 'SI', 'AL', 'S', 'CA', 'FE', 'TI', 'CU', 'ZN' e V. Observou-se que os dados de 'CO IND.2' ficaram abaixo do limite recomendado pela Resolução ANVISA 09, que é de 800 ppm, os dados internos também foram maiores que os externos. Para o 'CO' e COV, os pontos com maiores concentrações foram os próximos dos acessos ao mercado pela Rua Episcopal, sendo também maiores os dados internos que o externos. Os dados de temperatura e umidade relativa se mostraram, em geral, fora das faixas de recomendações da Resolução ANVISA 09,o que indica que o ambiente interno do Mercado pode ser desconfortável em relação a esses dois parâmetros. Os níveis internos de ruído observados estiveram acima daqueles recomendados pela Norma Técnica L 11.032 (CETESB), que é de 50 dBA. Obteve-se pontos com médias acima de 70 dBA, evidenciando que o local é ruidoso, o que pode acarretar problemas à saúde de seus frequentadores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.11.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Lênin de Matos; MARRA JÚNIOR, Wiclef Dymurgo. Avaliação da qualidade ambiental: mercado municipal de São Carlos/SP. 2012.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-06062013-160039/pt-br.php >.
    • APA

      Silva, L. de M., & Marra Júnior, W. D. (2012). Avaliação da qualidade ambiental: mercado municipal de São Carlos/SP. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-06062013-160039/pt-br.php
    • NLM

      Silva L de M, Marra Júnior WD. Avaliação da qualidade ambiental: mercado municipal de São Carlos/SP [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-06062013-160039/pt-br.php
    • Vancouver

      Silva L de M, Marra Júnior WD. Avaliação da qualidade ambiental: mercado municipal de São Carlos/SP [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-06062013-160039/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020