Exportar registro bibliográfico

Análise comparativa da produção e das propriedades bioquímicas das invertases dos estágios anamórfico e teleomórfico de Aspergillus (Emericela) nidulans (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: PICCOLI, JULIANA ALVES - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: ASPERGILLUS; ENZIMAS (ISOLAMENTO E PURIFICAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: A invertase (EC 3.2.1.26) hidrolisa a ligação glicosídica ‘beta’-1,2 da sacarose, originando uma mistura equimolar de D-glicose e D-frutose conhecida como açúcar invertido, o qual pode ser empregado em diferentes setores industriais. Esta enzima pode ser obtida de uma grande variedade de organismos desde procariotos até eucariotos, com destaque para os fungos filamentosos, como os do gênero Aspergillus. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi investigar a produção de invertases pelos fungos E. nidulans (teleomorfo) e A. nidulans (anamorfo), determinando-se os melhores parâmetros físico-químicos de cultivo, purificando-as e caracterizando-as bioquimicamente. Em FSbm, a maior produção invertásica para A. nidulans foi obtida em meio Khanna na presença de farinha de centeio como fonte de carbono por 120 horas e para E. nidulans em meio M5, com a mesma fonte de carbono por 96 horas Ambos os cultivas foram mantidos a 30°C sob agitação de 100 rpm. O pH inicial do meio que melhor estimulou a produção enzimática da forma extracelular foi 10,0 e 6,0, para A. nidulans e E. nidulans, respectivamente. A adição de glicose e frutose nos meios para ambos os fungos levou a diminuição da produção enzimática extracelular. Para ambas as formas enzimáticas produzidas pelos fungos E. nidulans e A. nidulans, a temperatura ótima aparente ficou na faixa de 55-60°C e o pH ótimo aparente de atividade na faixa de 4,8-5,6, ambos determinados pela análise de superfície de resposta. Altos níveis de produção enzimática foram obtidas também em FSS, sendo utilizado como substrato torta de pinhão manso para ambos os fungos, os quais foram incubados a 30°C por 96 horas. O meio do fungo A. nidulans foi umidificado por Solução de Sais de Khanna (1:1 m/v) e do E. nidulans por água de torneira (1:1 m/v). As enzimas de ambos os fungos foram termoestáveis a 40°C e 50°C, e a enzima de E. nidulans foiestável em todos os pH testados, enquanto que a enzima do A. nidulans foi estável aos pH 3,0 e 7,0-10. As enzimas extracelulares obtidas em FSS foram parcialmente purificadas, 16,64 vezes com recuperação de 32,15% para E. nidulans e 9,27 vezes com recuperação de 10,87% para A. nidulans. A massa molecular nativa das enzimas foi estimada em 75,85 kDa para A. nidulans e 47,86 kDa para E. nidulans. As invertases de ambos os fungos foram ativadas na presença de ‘Mn POT. 2+’. Os valores de Vmax e Km foram definidos utilizando sacarose como substrato, sendo 66,66 U/mg de proteína e 2,04 mM, respectivamente, para A. nidulans e 117,65 U/mg de proteína e 4,81 mM, respectivamente, para E. nidulans. A produção invertásica foi variável de acordo com o estágio do ciclo de vida do microrganismo, da fermentação empregada, da composição do meio de cultivo e das fontes nutricionais, entre outros fatores. Observou-se que a maior produção enzimática, em ambas as fermentações empregadas, foi obtida para E. nidulans (teleomorfo) se comparado ao A. nidulans (anamorfo), porém, em relação a atividade específica, a produção enzimática em FSS foi maior do que em FSbm
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.10.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Juliana Nunes e Oliveira; GUIMARÃES, Luis Henrique Souza. Análise comparativa da produção e das propriedades bioquímicas das invertases dos estágios anamórfico e teleomórfico de Aspergillus (Emericela) nidulans. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Alves, J. N. e O., & Guimarães, L. H. S. (2012). Análise comparativa da produção e das propriedades bioquímicas das invertases dos estágios anamórfico e teleomórfico de Aspergillus (Emericela) nidulans. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Alves JN e O, Guimarães LHS. Análise comparativa da produção e das propriedades bioquímicas das invertases dos estágios anamórfico e teleomórfico de Aspergillus (Emericela) nidulans. 2012 ;
    • Vancouver

      Alves JN e O, Guimarães LHS. Análise comparativa da produção e das propriedades bioquímicas das invertases dos estágios anamórfico e teleomórfico de Aspergillus (Emericela) nidulans. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021