Exportar registro bibliográfico

Adaptação cultural e validação para uso no Brasil do instrumento Patient Expectations and Satisfaction with Prenatal Care (PESPC) (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PRUDÊNCIO, PATRICIA SANTOS - EERP
  • Unidades: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: CUIDADO PRÉ-NATAL; SATISFAÇÃO DO PACIENTE; ESTUDOS DE VALIDAÇÃO
  • Keywords: Patient Satisfaction; Prenatal Care; Validation studies
  • Language: Português
  • Abstract: O cuidado pré-natal tem recebido destaque das políticas públicas de saúde, sendo a qualidade e a humanização do atendimento importantes metas a serem alcançadas. Compreender como a gestante se sente, em relação ao cuidado recebido, é uma importante ferramenta para planejar e implementar novas estratégias de atenção visando ao aperfeiçoamento do cuidado prestado, uma vez que a qualidade do cuidado pré-natal reflete-se no desfecho da gravidez e do parto e na redução da morbimortalidade materna e neonatal. A satisfação da usuária com o cuidado pré-natal é uma avaliação que merece destaque devido a sua importante repercussão durante o acompanhamento gestacional, bem como durante o parto e o puerpério. Este estudo teve como objetivo realizar e testar as propriedades psicométricas do instrumento Patient Expectations and Satisfaction with Prenatal Care (PESPC) para gestantes brasileiras, em acompanhamento pré-natal. O instrumento PESPC possui 41 itens distribuídos em dois domínios: Expectativa e Satisfação. É uma escala do tipo likert, com opções de resposta que variam de 1 "concordo totalmente" a 6 "discordo totalmente". Para a Expectativa, o intervalo possível é de 12-72, e para a Satisfação é de 29-174, onde os menores valores representam alta expectativa e satisfação com o cuidado pré-natal recebido. O processo de adaptação seguiu as etapas preconizadas pela literatura. Os dados foram coletados no Centro de Referência de Saúde da Mulher, Ambulatório de Ginecologia e Obstetrícia do Centro de Saúde da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto e na Unidade Básica de Saúde "Ernesto Che Guevara" (Maria Casagrande) do município de Ribeirão Preto, por meio de entrevistas e consultas aos prontuários, no período de julho a dezembro de 2011, tendo participado do estudo 119 gestantes. As propriedades psicométricas analisadas: a validade de facee de conteúdo (Comitê de Juízes); validade de constructo divergente (testes de correlação de Pearson); validade de constructo convergente (testes de correlação de Pearson entre os domínios do PESPC e do PSI); análise fatorial; confiabilidade pela consistência interna (alfa de Cronbach) e pela estabilidade da medida (teste-reteste). O nível de significância adotado foi de 0,05. Os resultados demonstraram que a maioria das participantes era primigesta 51 (42,9%), com idade média de 25 anos, donas de casa 76 (63,9%), com início da primeira consulta de pré-natal no primeiro trimestre gestacional 109 gestantes (91,6 %). Na avaliação das propriedades psicométricas, a validade de constructo convergente apresentou correlações positivas de forte e moderada magnitude. Na validade de constructo divergente, algumas hipóteses apresentaram correlações positivas, de pouco valor para a prática clínica e não estatisticamente significantes. A análise fatorial indicou a presença de quatro fatores componentes, conforme preconizado pelo autor do instrumento. A confiabilidade demonstrou valores adequados para consistência interna para os domínios da versão adaptada do PESPC (Expectativa ? = 0,70; Satisfação ? = 0,80). Portanto, a versão adaptada para o português do PESPC mostrou-se válida e confiável na amostra estudada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.09.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRUDÊNCIO, Patricia Santos; MAMEDE, Fabiana Villela. Adaptação cultural e validação para uso no Brasil do instrumento Patient Expectations and Satisfaction with Prenatal Care (PESPC). 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-07112012-153618/ >.
    • APA

      Prudêncio, P. S., & Mamede, F. V. (2012). Adaptação cultural e validação para uso no Brasil do instrumento Patient Expectations and Satisfaction with Prenatal Care (PESPC). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-07112012-153618/
    • NLM

      Prudêncio PS, Mamede FV. Adaptação cultural e validação para uso no Brasil do instrumento Patient Expectations and Satisfaction with Prenatal Care (PESPC) [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-07112012-153618/
    • Vancouver

      Prudêncio PS, Mamede FV. Adaptação cultural e validação para uso no Brasil do instrumento Patient Expectations and Satisfaction with Prenatal Care (PESPC) [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-07112012-153618/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020