Exportar registro bibliográfico

Caracterização reológica de argamassas colantes (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: KUDO, ELISABETE KIOKO - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PCC
  • Subjects: MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO (AVALIAÇÃO); ARGAMASSA
  • Language: Português
  • Abstract: As argamassas colantes são produtos constituídos por areia natural ou artificial, ligantes e aditivos químicos que cumprem uma função de adesivo para assentamento de revestimentos em pisos e paredes. Sob o ponto de vista reológico, a argamassa colante é um material multifásico formado por uma pasta que envolve agregados minerais. Atualmente, o único teste a fresco realizado é o deslizamento, que tem baixo custo e relativa facilidade de execução em laboratório. A grande desvantagem desse método é ser impreciso, não ter boa repetibilidade e ser insuficiente para efetuar uma avaliação mais completa desses produtos no estado fresco. Assim, técnicas avançadas de caracterização reológica (squeeze flow, pull out flow e reometria rotacional) foram especificadas e aplicadas como alternativa tecnológica para avaliação de argamassas colantes. Porém, o potencial da configuração tradicional do ensaio de squeeze flow e a reometria rotacional foram pouco explorados neste tipo de produto, necessitando ajustes de configuração. O objetivo desta dissertação foi aplicar métodos de caracterização reológica em argamassas colantes que permitam identificar suas características relevantes no estado fresco, avaliar a influência dos parâmetros experimentais do método de squeeze flow (principalmente em relação à configuração e parâmetros), avaliar a adesividade das argamassas no estado fresco e aplicar o método de reometria rotacional para avaliação da energia de mistura e reológica. Os experimentos para avaliação das configurações e parâmetros do ensaio de squeeze flow e pull out flow mostraram que o método foi sensível para diferenciar as argamassas e refletiram o que na prática é percebido:ACIII (Argamassa Colante do Tipo III) tem maior consistência que ACI (Argamassa Colante do Tipo I), além de mostrar que são sensíveis a diferentes taxas de deslocamento, teores de água e morfologia de agregados. Já a reometria rotacional mostrou que o método é sensível para identificar e diferenciar a cinética de mistura das argamassas colantes ACI e ACIII. Os resultados indicaram que o tempo de mistura de 150 segundos foi eficiente e suficiente para homogeneizar e estabilizar as argamassas testadas, e que a argamassa do tipo ACI apresenta maior dificuldade de mistura e resulta em uma suspensão com maior viscosidade e tensão de escoamento do que a argamassa ACIII.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.10.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KUDO, Elisabete Kioko; PILEGGI, Rafael Giuliano. Caracterização reológica de argamassas colantes. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-16072013-163235/pt-br.php >.
    • APA

      Kudo, E. K., & Pileggi, R. G. (2012). Caracterização reológica de argamassas colantes. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-16072013-163235/pt-br.php
    • NLM

      Kudo EK, Pileggi RG. Caracterização reológica de argamassas colantes [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-16072013-163235/pt-br.php
    • Vancouver

      Kudo EK, Pileggi RG. Caracterização reológica de argamassas colantes [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-16072013-163235/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021