Exportar registro bibliográfico

Autoridade docente e avaliação educacional na educação básica (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SATO, DANIELA CRISTINA BRUNO - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: ESCOLA PÚBLICA; EDUCAÇÃO ESCOLAR BÁSICA; ENSINO E APRENDIZAGEM (AVALIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Com as mudanças introduzidas a partir da proposta de organização do ensino em ciclos, juntamente com as novas prescrições de práticas avaliativas, a avaliação da aprendizagem não pode mais ser utilizada apenas com fins classificatórios e seletivos, pois os alunos somente podem ser reprovados ao final de cada ciclo. Além disso, outros fatores como as mudanças em torno do papel da escola e dos professores atribuídos pela sociedade, os valores subjacentes a esse processo e os objetivos reais da educação são outros fatores a serem considerados no contexto educacional atual. Nesse sentido, a autoridade docente vem passando por transformações; professores percebem sua função e autoridade descaracterizadas e desprestigiadas. Pelo exposto, é possível concluir que a autoridade docente, e a própria escola, passam por uma crise que demanda um aprofundamento teórico acerca de suas funções para que se possa compreender o papel dos principais agentes do processo educativo em nossa sociedade. Esta pesquisa teve como objetivo: analisar como professores da educação básica concebem a autoridade docente, a partir das transformações ocorridas com a implantação da organização do ensino em ciclos com progressão continuada, no Estado de São Paulo; identificar as bases e os elementos constitutivos da autoridade docente presentes nos discursos dos professores, nesse novo contexto. A pesquisa foi realizada em quatro escolas públicas estaduais paulistas, no decorrer de 2009. O procedimento de coleta de dados foi a entrevista semiestruturada As entrevistas foram realizadas com equipe pedagógica, professores do Ciclo I, Ciclo II e Ensino Médio, envolvendo as três áreas: Ciências Biológicas, Exatas e Humanas, totalizando 38 entrevistas. Da análise de dados emergiram as seguintes categorias: A- Os ciclos e a progressão continuada; B- Fundamentos da autoridade docente e avaliação escolar; C- Avaliações eo cotidiano escolar; D- Recuperação escolar e o ensino em ciclos. A análise de dados realizada permitiu concluir que: a implementação dos ciclos e as mudanças nas práticas avaliativas podem ter contribuído para mudanças no conceito de autoridade docente, mas não como fator isolado e nem na totalidade dos entrevistados; em relação à avaliação desenvolvida nas escolas, há movimentos de adaptação para uma avaliação mais formativa e processual; dissonância entre a política oficial de ciclos e progressão continuada e a percepção e vivência dos profissionais da educação; mudanças no papel do professor e no comportamento dos alunos no ambiente escolar em função das avaliações; alterações geradoras de tensão no cotidiano escolar com a introdução das avaliações externas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.09.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SATO, Daniela Cristina Bruno; CIANFLONE, Ana Raquel Lucato. Autoridade docente e avaliação educacional na educação básica. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Sato, D. C. B., & Cianflone, A. R. L. (2012). Autoridade docente e avaliação educacional na educação básica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Sato DCB, Cianflone ARL. Autoridade docente e avaliação educacional na educação básica. 2012 ;
    • Vancouver

      Sato DCB, Cianflone ARL. Autoridade docente e avaliação educacional na educação básica. 2012 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020