Exportar registro bibliográfico

Territorialidades e redes da migração maranhense para o trabalho nos canaviais paulistas (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, ANDRé EDUARDO RIBEIRO DA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: TERRITORIALIDADE; TRABALHO RURAL (ASPECTOS SOCIAIS); RELAÇÕES DE TRABALHO; LAVOURA; CANA-DE-AÇÚCAR
  • Keywords: Crop sugarcane; Lavoura canavieira; Migration territoriality; Peasant social reproduction; Redes territoriais; Reprodução social camponesa; Territorial networks; Territorialidade migratória
  • Language: Português
  • Abstract: Os deslocamentos de homens, mulheres e famílias inteiras, moradoras no município de Timbiras/MA para o labor nas atividades da agricultura canavieira no Estado de São Paulo se desenrola por uma série de redes de relações pessoais, que abrange diversos agentes sociais, tanto no Maranhão - no município timbirense e também em municípios vizinhos - como nas duas principais cidades em que residem durante a colheita da gramínea, no Estado de São Paulo: Guariba e Pradópolis. Por meio de testemunhos orais, colhidos no município de Timbiras (MA) e nas cidades paulistas de Guariba e Pradópolis, buscamos compreender as relações entre a rede de informações familiares e as redes territoriais de apoio que fundamentam o processo migratório. A primeira se sustenta a partir de vínculos de reciprocidade nutridos pelos trabalhadores migrantes nos espaços sociais das referidos municípios do Estado do Maranhão e de São Paulo. Já as redes territoriais de apoio dão suporte a essa troca de informações entre os territórios de migração e o dito local de moradia do tronco ou núcleo familiar, no Maranhão nos anos 2000. Essas redes de relações pessoais, fundamentais para alavancar a experiência migratória, se costuram, se refiguram e se fortalecem a partir de múltiplas formas de trocas de informações entre os que migraram e os que não migraram, bem como entre os possíveis migrantes e os agentes responsáveis pelo processo de deslocamento e recrutamento até a área canavieira paulista. Compreende-se que háuma vinculação estreita entre o processo de construção de territórios de migração e a territorialidade experimentada na área de origem, sustentada por redes múltiplas de relações sociais que cimentam estas territorialidades criadas e ressignificadas com a migração
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.07.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, André Eduardo Ribeiro da; SUZUKI, Julio Cesar. Territorialidades e redes da migração maranhense para o trabalho nos canaviais paulistas. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-12112012-094627/ >.
    • APA

      Silva, A. E. R. da, & Suzuki, J. C. (2012). Territorialidades e redes da migração maranhense para o trabalho nos canaviais paulistas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-12112012-094627/
    • NLM

      Silva AER da, Suzuki JC. Territorialidades e redes da migração maranhense para o trabalho nos canaviais paulistas [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-12112012-094627/
    • Vancouver

      Silva AER da, Suzuki JC. Territorialidades e redes da migração maranhense para o trabalho nos canaviais paulistas [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-12112012-094627/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021