Exportar registro bibliográfico

O gênero itinéraire de voyage para pensar o agir social no ensino-aprendizagem do FLE (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, LUIZA GUIMARãES - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Subjects: LÍNGUA FRANCESA; ENSINO E APRENDIZAGEM; LINGUÍSTICA TEXTUAL
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação tem por objetivo, primeiramente, estudar como o trabalho com gêneros textuais, neste caso o itinéraire de voyage, pode contribuir para a produção escrita dos alunos e, portanto, para o ensino-aprendizagem do francês língua estrangeira (FLE). Além disso, temos a intenção de refletir sobre uma perspectiva de ensino e aprendizagem do FLE mais adaptada ao contexto brasileiro, baseada tanto nos gêneros textuais quanto na perspectiva acional, a partir da noção de agir social. Com isso, visamos a contribuir para as reflexões sobre: o ensino de gêneros textuais; o ensino e aprendizagem do FLE e das línguas estrangeiras em geral; e os estudos sobre a perspectiva acional. A fundamentação teórica desta pesquisa apoia-se, em primeira instância, no interacionismo sociodiscursivo (ISD), por meio dos trabalhos desenvolvidos por Bronckart (1999, 2006, 2008) e por outros pesquisadores do mesmo quadro teórico (Schneuwly & Dolz, 2004; Machado, 2009), que se aprofundaram na questão dos gêneros textuais. Além disso, tomamos como referência as proposições do Quadro Europeu Comum de Referência (QECR) quanto à utilização da perspectiva acional no ensino de línguas estrangeiras. O QECR, por se colocar como uma ferramenta descritiva, não explica como transpor suas propostas para a sala de aula e, por isso, este estudo propõe que a abordagem dos gêneros textuais sirva como uma forma de aplicação prática da perspectiva acional em classe. Para alcançarmos nossos objetivos, construímos omodelo didático do gênero itinéraire de voyage, elaboramos uma sequência didática e a aplicamos em duas turmas diferentes. Paralelamente, fizemos a aplicação, em uma turma, da sequência de atividades proposta pelo livro Alter Ego e que trabalha esse mesmo gênero textual. Em seguida, analisamos as produções escritas dos alunos nos três contextos, utilizando o modelo de análise de textos do ISD, procurando compará-las entre si e com o modelo didático do gênero itinéraire de voyage. Se partirmos da premissa de que o agir se realiza por meio de textos, para agir em língua estrangeira o aluno precisaria dominar determinados gêneros textuais. Assim, se os alunos se apropriarem dos gêneros textuais, eles poderão agir em língua estrangeira, e poderão constituir-se como atores sociais, o que justifica a importância de seu ensino sistemático. Os resultados de nossa pesquisa mostraram que o trabalho com gêneros oferece uma possibilidade de desenvolver as capacidades de linguagem dos alunos e de colocá-los em situações muito próximas das reais, porém é necessário adaptar os materiais e as sequências didáticas às características do contexto em que é aplicado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.08.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Luiza Guimarães; LOUSADA, Eliane Gouvêa. O gênero itinéraire de voyage para pensar o agir social no ensino-aprendizagem do FLE. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-26102012-122158/ >.
    • APA

      Santos, L. G., & Lousada, E. G. (2012). O gênero itinéraire de voyage para pensar o agir social no ensino-aprendizagem do FLE. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-26102012-122158/
    • NLM

      Santos LG, Lousada EG. O gênero itinéraire de voyage para pensar o agir social no ensino-aprendizagem do FLE [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-26102012-122158/
    • Vancouver

      Santos LG, Lousada EG. O gênero itinéraire de voyage para pensar o agir social no ensino-aprendizagem do FLE [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8146/tde-26102012-122158/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021