Exportar registro bibliográfico

Deposição e exportação de sólidos e nutrientes na sub-bacia do Ribeirão das Cruzes, Baixo Tietê (SP) (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: ARANTES, DIEGO MENDONÇA - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: EUTROFIZAÇÃO; DEPOSIÇÃO DE SEDIMENTOS; SEDIMENTOLOGIA (TAXAS)
  • Language: Português
  • Abstract: A qualidade ambiental de um corpo d'água é resultado da situação de sua bacia de drenagem, de modo que as transformações que ocorrem no solo do entorno provocam mudanças significativas no ambiente aquático. Por isto, cada vez mais se trabalha com conceito de manejo integrado dos ambientes. Desta forma, o conhecimento dos processos de geração, transporte e deposição de sedimentos, por serem fontes de sólidos, nutrientes e contaminantes ao corpo dágua, é de vital importância para a conservação, desenvolvimento e manejo integrado dos recursos hídricos. Neste sentido, essa dissertação apresenta um estudo a respeito da exportação e deposição de sólidos e nutrientes na sub-bacia do Ribeirão das Cruzes, no município de Santo Antônio do Aracanguá, SP, na Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Baixo Tietê (UGRHI - 19). Esse corpo d'água foi subdividido em compartimentos e analisado por transectos, ou seja, eixos transversais ao fluxo, sendo que experimentos envolvendo instalação de câmaras de sedimentação, coleta de sedimentos de fundo e medições de vazão foram conduzidos em dois períodos hidrológicos distintos: um em janeiro, durante a estação chuvosa, e outro em agosto, durante a estação seca. A taxa máxima de deposição de sólidos suspensos foi de 62,40 g/'M POT.2'.dia durante a Estação Chuvosa, e de 37,29 g/'M POT.2'.dia, durante a Estação seca. Ainda, a taxa média de deposição de nitrogênio total Kjeldahl foi de 0,53 e 2,02 g/'M POT.2'.dia e a de fósforo total foi de 139,67 e 103,89 mg/'M POT.2'.dia, durante as Estações Chuvosa e Seca, respectivamente. Quanto às taxas de exportação, para sólidos suspensos foram observadas médias de 2328,44 e 725,96 ton/dia, de nitrogênio total Kjeldahl foram de 121,41 e 299,84 ton/dia e para fósforo total foram de 14,86 e 10,05 ton/dia,durante as Estações Chuvosa e Seca, respectivamente. Os resultados obtidos, comparados a outros estudos em ambientes similares, revelam altas taxas de deposição e exportação de sólidos e nutrientes, demonstrando, desta forma, a incidência dos processos de eutrofização e assoreamento do recurso hídrico, bem como a expressão dos impactos provenientes do uso e ocupação do solo do entorno, capaz de influenciar na qualidade da água do ambiente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.09.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARANTES, Diego Mendonça; MAUAD, Frederico Fábio. Deposição e exportação de sólidos e nutrientes na sub-bacia do Ribeirão das Cruzes, Baixo Tietê (SP). 2012.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-08112012-092936/pt-br.php >.
    • APA

      Arantes, D. M., & Mauad, F. F. (2012). Deposição e exportação de sólidos e nutrientes na sub-bacia do Ribeirão das Cruzes, Baixo Tietê (SP). Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-08112012-092936/pt-br.php
    • NLM

      Arantes DM, Mauad FF. Deposição e exportação de sólidos e nutrientes na sub-bacia do Ribeirão das Cruzes, Baixo Tietê (SP) [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-08112012-092936/pt-br.php
    • Vancouver

      Arantes DM, Mauad FF. Deposição e exportação de sólidos e nutrientes na sub-bacia do Ribeirão das Cruzes, Baixo Tietê (SP) [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-08112012-092936/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021