Exportar registro bibliográfico

Avaliação da expressão citoplasmática da tumor M2-PK em neoplasias malignas de ovário de origem epitelial e suas implicações clinico-patológicas em uma coorte retrospectiva (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUSA, CHRISTIÂNI BISINOTO DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: OVÁRIO; NEOPLASIAS (METABOLISMO); TUMOR CARCINOIDE
  • Language: Português
  • Abstract: Câncer de ovário é a malignidade ginecológico mais letal. A maioria das pacientes tem a doença diagnosticada em estádios avançados e as opções de tratamento ficam restritas a cirurgia citorredutora e a quimioterapia baseada em derivados de platina. Como estas modalidades terapêuticas são parcialmente efetivas, a maioria das pacientes apresentam recorrência e óbito em função da doença. A investigação de novos fatores prognósticos se faz fundamental `a medida que se desenvolvem novas terapêuticas cada vez mais específicas. O metabolismo tumoral é uma área, atualmente, de grande interesse em pesquisas e a glicólise aeróbica para o metabolismo da glicose uma característica comum do crescimento Amoral. As células de câncer expressam a isoenzima M2-PK que é necessária para a glicólise aeróbica e proliferação celular in vivo. Para se avaliar a expressão da isoenzima tumor M2-PK no citoplasma de células de tumores epiteliais de ovário e verificar suas implicações clínico patológicas, foram avaliadas 282 pacientes atendidas nos serviços de Oncologia Ginecológica do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital das Clinicas de Ribeirão Preto e do Hospital de Câncer de Barretos no período de Janeiro de 1990 a abril de 2010. A média de idade das pacientes no estudo foi 54anos ± 16. A amostra era representada por 171 tumores serosos, 30 mucinosos, 25 endometrioides, 12 de células claras, 43 tumores indiferenciados e 1 tumor de Brenner. Foi observado que 74% dos tumores serosos eram estádios III e IV. 45 tumores tinham grau histológico I e 237 com graus II e III. Com relação ao estádio, 24,1%(n=29) e 67,5%(n=81) se encontravam no estádio I e III/IV, respectivamente. Todos os pacientes foram submetidos a procedimento cirúrgico, sendo que citorredução ótima foi realizada em 46,8%(n=132) e destas 35,6%(n 47) correspondem a estádios avançados. A sobrevida global em 60 mesespara as pacientes segundo o estádio foi de 92,2%, 80,7%, 41,5% e 13,1%, para estádios I, II, III e IV respectivamente. A tu-M2-PK está expressa em todos os carcinomas ovarianos, apresentando expressão citoplasmática, não foi evidenciada expressão nuclear ou em células estromais. Quando a expressão semiquantitativa da tu-M2PK foi relacionada com o estádio, tipo e grau histológico, apresentou grande variabilidade, mas sem diferença significante entre os grupos separados por estes parâmetros. Quando avaliamos a sobrevida global das pacientes, o score de expressão da tu-M2PK mostrou uma mediana de 0,5 nas sobreviventes e 0,5 nas que foram a óbito, mas não foi capaz de predizer óbito em 5 anos pela doença em nenhum de seus valores; quando avaliado em relação a recorrência, o score também apresentou uma mediana de 0,5 nas com recorrência e de 0,5 nas sem, mas não foi capaz também de predizer recorrência em nenhum de seus valores. Deste estudo experimental podemos concluir que a tu-M2-PK está expressa em todos os carcinomas ovarianos, demonstrando atividade glicolítica nestes tumores e que é promissora para terapêuticas clinicas no futuro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.08.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUSA, Christiâni Bisinoto de; REIS, Francisco José Candido dos. Avaliação da expressão citoplasmática da tumor M2-PK em neoplasias malignas de ovário de origem epitelial e suas implicações clinico-patológicas em uma coorte retrospectiva. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Sousa, C. B. de, & Reis, F. J. C. dos. (2012). Avaliação da expressão citoplasmática da tumor M2-PK em neoplasias malignas de ovário de origem epitelial e suas implicações clinico-patológicas em uma coorte retrospectiva. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Sousa CB de, Reis FJC dos. Avaliação da expressão citoplasmática da tumor M2-PK em neoplasias malignas de ovário de origem epitelial e suas implicações clinico-patológicas em uma coorte retrospectiva. 2012 ;
    • Vancouver

      Sousa CB de, Reis FJC dos. Avaliação da expressão citoplasmática da tumor M2-PK em neoplasias malignas de ovário de origem epitelial e suas implicações clinico-patológicas em uma coorte retrospectiva. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021