Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Associação da função pulmonar de indivíduos fumantes e não fumantes com a qualidade do ar, nas cidades de Cubatão e Bertioga (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: GUANABARA, LUIZ CARLOS RODRIGUES - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSA
  • DOI: 10.11606/D.6.2011.tde-06062012-155730
  • Subjects: CAPACIDADE RESPIRATÓRIA; POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA (RELAÇÃO); MORBIDADE; DOENÇAS RESPIRATÓRIAS; PULMÃO (FISIOPATOLOGIA;RELAÇÃO); TABAGISMO (RELAÇÃO); EXPOSIÇÃO AMBIENTAL (RELAÇÃO)
  • Keywords: Concentração de Poluentes; Espirometria; Função Respiratória; Morbidade Respiratória; Poluentes Atmosféricos
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O interesse científico sobre os efeitos da qualidade do ar na função respiratória e na saúde humana tem aumentado, principalmente nos grandes centros urbanos e nos centros industriais. Os poluentes atmosféricos têm sido associados a uma grande variedade de sintomas, disfunções e doenças agudas e crônicas, em especial no aparelho respiratório. Em regiões industriais como Cubatão espera-se uma maior ocorrência de efeitos adversos quando comparadas com as cidades de melhor qualidade do ar. Objetivo: O objetivo deste estudo foi verificar a associação entre poluição atmosférica e alterações da função pulmonar em indivíduos fumantes e não fumantes decorrentes da exposição crônica à poluição, na faixa etária de 29 a 50 anos, nos municípios de Cubatão e Bertioga. Método: Trata-se de estudo ecológico transversal em duas cidades geograficamente próximas e de condições climáticas semelhantes. O trabalho foi subdividido em três fases. Inicialmente foi realizada a mensuração da qualidade do ar na região central da cidade de Bertioga, tendo como parâmetros as Partículas Totais em Suspensão (PTS), as Partículas Inaláveis (M'P IND. 10') e o Ozônio ('O IND. 3'). Os dados de qualidade do ar de Cubatão foram os da rede de monitoramento da CETESB, estação Cubatão/Centro. Na seqüência foram aplicados questionários de sintomas respiratórios em ambos os municípios, sendo a amostra constituída de funcionários públicos municipais.Conclusão: Concluiu-se que Cubatão apresenta maior risco de desenvolver alterações da função respiratória dos indivíduos, comparada a Bertioga, que deve estar relacionada à maior exposição aos poluentes atmosféricos, considerando que as condições climáticas são semelhantes.Na seqüência foram aplicados questionários de sintomas respiratórios em ambos os municípios, sendo a amostra constituída de funcionários públicos municipais. Por último, foram realizados os testes espirométricos para verificar a função respiratória dos participantes. Resultados: Os resultados das medidas de concentração de poluentes em Bertioga indicam uma boa qualidade do ar; as médias obtidas foram de 26,5 µg/'m POT. 3' para PTS, 15,2µg/'m POT. 3' para M'P IND. 10' e 23,4 µg/'m POT. 3' para o 'O IND. 3'. As concentrações em Cubatão, no mesmo período, mostraram-se mais elevadas. Os resultados do questionário sócio clínico e de sintomas respiratórios mostraram que, em Cubatão é mais freqüente e significativa (p<0,05) a ocorrência de doença respiratória, de tosse sem resfriado, de manifestação de coceira no nariz, bem como de resfriados, quando comparada a Bertioga. A presença de não fumantes com doença pulmonar foi maior em Cubatão e significativa estatisticamente (p<0,05). O teste espirométrico constatou que o número de distúrbios ventilatórios foi maior em Cubatão e com significância estatística (p<0,05), com predomínio de distúrbio ventilatório restritivo leve (DVR) e distúrbio ventilatório obstrutivo moderado (DVO). Em Bertioga distúrbios graves foram mais freqüentes, porém foram associados a doenças respiratórias crônicas pré-existentes. Não houve influência do tabagismo nas duas populações estudadas, ou seja, fumar foi igualmente prejudicial à saúde dos indivíduos em ambas as cidades. A presença de DVR sem evidência de doença pré-existente indica provável associação do decréscimo da função respiratória em decorrência da exposição à poluição atmosférica.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.12.2011
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/D.6.2011.tde-06062012-155730 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GUANABARA, Luiz Carlos Rodrigues; ASSUNÇÃO, João Vicente de. Associação da função pulmonar de indivíduos fumantes e não fumantes com a qualidade do ar, nas cidades de Cubatão e Bertioga. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/D.6.2011.tde-06062012-155730 > DOI: 10.11606/D.6.2011.tde-06062012-155730.
    • APA

      Guanabara, L. C. R., & Assunção, J. V. de. (2011). Associação da função pulmonar de indivíduos fumantes e não fumantes com a qualidade do ar, nas cidades de Cubatão e Bertioga. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/D.6.2011.tde-06062012-155730
    • NLM

      Guanabara LCR, Assunção JV de. Associação da função pulmonar de indivíduos fumantes e não fumantes com a qualidade do ar, nas cidades de Cubatão e Bertioga [Internet]. 2011 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2011.tde-06062012-155730
    • Vancouver

      Guanabara LCR, Assunção JV de. Associação da função pulmonar de indivíduos fumantes e não fumantes com a qualidade do ar, nas cidades de Cubatão e Bertioga [Internet]. 2011 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2011.tde-06062012-155730

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021