Exportar registro bibliográfico

O que acontece no encontro do médico com a morte do seu paciente (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: FLAUZINO, CANDIDO JERONIMO - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: MORTE; RELAÇÕES MÉDICO-PACIENTE; ÉTICA; PACIENTES; NEOPLASIAS
  • Language: Português
  • Abstract: O que acontece no encontro do médico com a morte do seu paciente diz de algo estruturante da condição humana que transcende a formação acadêmica e mobiliza por este estar na presença de outro ser humano. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que teve como objetivo principal descrever e conhecer o que existe de estruturante no encontro do médico com a morte do seu paciente. Este estudo utiliza o método fenomenológico de pesquisa, entendido como um convite para o exercício reflexivo visando à construção de novos paradigmas na produção de conhecimento. O autor de base que fundamenta a análise teórica foi Maurice Merleau-Ponty (2006). Foram realizadas quatro entrevistas com médicos oncologistas clínicos, embasadas na pergunta norteadora: O que significa para você cuidar do paciente oncológico, sem possibilidade de cura, que vivencia o seu processo de morrer e posteriormente perdê-lo?. Após a realização das entrevistas, os relatos (ingênuos) foram literalizados, dos quais foram levantadas as unidades de análise e transformadas em categorias analisadas fenomenologicamente, que possibilitaram o diálogo intersubjetivo e objetivo com os pressupostos teóricos sobre o tema em pauta. Categorias estas denominadas de: 1. Relação médico e paciente: o desvelar das emoções e sentimentos; 2. Relação médico e paciente: um distanciamento da morte do paciente; 3. O encontro do médico com a morte: a morte imprevisível; 4. Construção da identidade do sujeito: a dimensão ética do ser médico. Apartir da análise das categorias, observou-se que tal encontro ocorre de diversas formas, principalmente pelo distanciamento como os médicos em questão lidam com a morte de seus pacientes, vista como um acidente, com falta de diálogo que, necessariamente, esbarra nas questões éticas e de formação acadêmica. A estrutura do fenômeno reside na ausência de diálogo pela dificuldade de lidar com os próprios sentimentos e emoções emergidas do processo de perda por morte de seus pacientes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.05.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FLAUZINO, Candido Jeronimo; KOVACS, Maria Julia. O que acontece no encontro do médico com a morte do seu paciente. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-26102012-104329/ >.
    • APA

      Flauzino, C. J., & Kovacs, M. J. (2012). O que acontece no encontro do médico com a morte do seu paciente. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-26102012-104329/
    • NLM

      Flauzino CJ, Kovacs MJ. O que acontece no encontro do médico com a morte do seu paciente [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-26102012-104329/
    • Vancouver

      Flauzino CJ, Kovacs MJ. O que acontece no encontro do médico com a morte do seu paciente [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-26102012-104329/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021