Exportar registro bibliográfico

Sistema fermentativo de duas fases para a produção de hidrogênio e metano a partir de esgoto sanitário combinado com águas residuárias industriais (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: PEIXOTO, GUILHERME - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: HIDROGÊNIO; ESGOTOS SANITÁRIOS; REATORES ANAERÓBIOS
  • Language: Português
  • Abstract: A possibilidade da produção de hidrogênio a partir de esgoto sanitário com a posterior geração de metano a partir do efluente do processo acidogênico foi avaliada em reatores anaeróbios em batelada e contínuos. Nos reatores em batelada com biomassa acidogênica não houve produção de hidrogênio a partir de esgoto sanitário, o que motivou a avaliação de outros substratos. Hidrogênio foi produzido a partir de água residuária de parboilização de arroz (23,9 mL 'H IND.2'/g DQO) e vinhaça (20,8 mL 'H IND.2'/g DQO), enquanto nos reatores com biomassa metanogênica, metano foi produzido por esgoto sanitário (46,3 mL 'CH IND.4'/g DQO), glicerol (180,1 mL 'CH IND.4'/g DQO), água residuária de parboilização de arroz (115,5 mL 'CH IND.4'/g DQO) e vinhaça (255,4 mL 'CH IND.4'/g DQO). Ainda nos reatores em batelada, definiu-se que a diluição de vinhaça no esgoto sanitário mais adequada para a produção de hidrogênio deveria resultar numa mistura com DQO de aproximadamente 4 g/L, sem que o rendimento de 'H IND.2' decrescesse. A produção de hidrogênio a partir de esgoto sanitário nos reatores contínuos não foi possível sem a adição de fonte de carboidratos. Demonstrou-se que a concentração mínima de carboidratos, em termos de sacarose, seria de 0,9 g/L. Nos reatores de leito estruturado com suporte de cerâmica e fluxo ascendente alimentados com 50% de esgoto e 50% de vinhaça, foram alcançados o maior período de produção de 'H IND.2' e a maior fração do mesmo no biogás, correspondendo a 56 dias e 7,1%, respectivamente. O reator UASB usando como substrato o efluente de reator acidogênico produziu metano com estabilidade até a COV de 0,91 g DQO/L d, porém se desestabilizou com a COV de 2,94 g DQO/L d
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.11.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEIXOTO, Guilherme; ZAIAT, Marcelo. Sistema fermentativo de duas fases para a produção de hidrogênio e metano a partir de esgoto sanitário combinado com águas residuárias industriais. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-18102012-164602/pt-br.php >.
    • APA

      Peixoto, G., & Zaiat, M. (2011). Sistema fermentativo de duas fases para a produção de hidrogênio e metano a partir de esgoto sanitário combinado com águas residuárias industriais. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-18102012-164602/pt-br.php
    • NLM

      Peixoto G, Zaiat M. Sistema fermentativo de duas fases para a produção de hidrogênio e metano a partir de esgoto sanitário combinado com águas residuárias industriais [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-18102012-164602/pt-br.php
    • Vancouver

      Peixoto G, Zaiat M. Sistema fermentativo de duas fases para a produção de hidrogênio e metano a partir de esgoto sanitário combinado com águas residuárias industriais [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-18102012-164602/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021