Exportar registro bibliográfico

Avaliação do aprendizado na produtividade de um estaleiro: uma abordagem através da dinâmica de sistemas (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: BAITELLO, ANDRÉ - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PNV
  • Subjects: CONSTRUÇÃO NAVAL; PRODUTIVIDADE; ESTALEIROS
  • Language: Português
  • Abstract: Profundas transformações na política energética brasileira têm motivado a revitalização da indústria naval no Brasil. Novos estaleiros estão surgindo em diferentes regiões do país e todos, sem exceção, terão o desafio de aprender com a experiência e, paulatinamente, formar sua força de trabalho. Neste início, que além de árduo é decisivo para o futuro dos estaleiros, é fundamental que se comece a partir das diretrizes corretas, respeitando as mesmas regras básicas que selecionaram os estaleiros que hoje se encontram em posição de destaque no mundo. Os estaleiros japoneses, por exemplo, ergueram as suas bases em um ambiente econômico pós-guerra extremamente restritivo e cheio de dificuldades, mas que os obrigou a desenvolverem um novo paradigma industrial que eliminou desperdícios e possibilitou um salto no desenvolvimento tecnológico e na produtividade na construção naval. Desde então, especialmente após as duas crises do petróleo, a busca pela produtividade em um estaleiro, não é apenas uma questão de competitividade e diferenciação perante os concorrentes, mas um fator de sobrevivência, uma vez que a indústria de construção naval é global e extremamente competitiva em preço, prazo, qualidade, tecnologia e produtividade. Normalmente a produtividade na construção naval é expressa na forma inversa da produtividade parcial da mão de obra (HH/CGT), não por acaso, pois, além da influência de melhores práticas produtivas, sabe-se que o desempenho da força de trabalho representa importante parcela na produtividade de um estaleiro.Neste sentido, esta pesquisa propõe-se a desenvolver um modelo simplificado através da Dinâmica de Sistemas que possibilite simular o comportamento dinâmico da produção, da força de trabalho e da produtividade em um estaleiro para avaliar, através da experiência de modelagem e dos resultados das simulações, cenários que permitam mostrar direções que favoreçam seu aprendizado em produtividade e garantam sua sustentabilidade em função de seu desempenho no longo prazo. A razão desta proposta é explorar algumas das causas que determinam o comportamento dinâmico das curvas de aprendizado dos estaleiros, para então traçar algumas diretrizes que indiquem o caminho para o aprendizado sistêmico. A partir de uma seleção das alavancas para a aprendizagem em produtividade, foram selecionadas cinco diretrizes para estaleiros que tenham o objetivo da aprendizagem, todas relacionadas de alguma maneira com algum aspecto da força de trabalho que são: respeitar os limites do crescimento da força de trabalho, reter experiência e aumentar o seu aproveitamento, criar condições para alavancar o aprendizado da força de trabalho, facilitar a transferência do aprendizado da força de trabalho para o aprendizado da produção e que o aprendizado através de rotinas e processos de produção seja realizado em conjunto com o aprendizado das pessoas. A principal contribuição deste trabalho é a demonstração, através do processo de modelagem e dos resultados da simulação, de um conceito amplamente divulgado pelas teorias de aprendizagem organizacional, de que a origem do aprendizado está nas pessoas e, portanto, são estas os elementos mais importantes do estaleiro. O modelo também ajuda a replicar o paradoxo de que o estaleiro não depende de uma pessoa em específico, mas depende completamente do conjunto formado por todas as pessoas que lá trabalham.Portanto, conforme o pensamento sistêmico define as organizações de aprendizagem, o estaleiro deve ser pensado como um sistema de aprendizagem, em que o desenvolvimento das pessoas é realizado em todos os níveis e o aprendizado ocorre junto com o processo produtivo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.05.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BAITELLO, André; MARTINS, Marcelo Ramos. Avaliação do aprendizado na produtividade de um estaleiro: uma abordagem através da dinâmica de sistemas. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3135/tde-21062013-121726/pt-br.php >.
    • APA

      Baitello, A., & Martins, M. R. (2012). Avaliação do aprendizado na produtividade de um estaleiro: uma abordagem através da dinâmica de sistemas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3135/tde-21062013-121726/pt-br.php
    • NLM

      Baitello A, Martins MR. Avaliação do aprendizado na produtividade de um estaleiro: uma abordagem através da dinâmica de sistemas [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3135/tde-21062013-121726/pt-br.php
    • Vancouver

      Baitello A, Martins MR. Avaliação do aprendizado na produtividade de um estaleiro: uma abordagem através da dinâmica de sistemas [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3135/tde-21062013-121726/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021