Exportar registro bibliográfico

Imobilização da enzima glicose oxidase em filmes nanoestruturados para aplicação em biossensores (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, JACIARA CÁSSIA DE CARVALHO - IFSC
  • Unidade: IFSC
  • Sigla do Departamento: FFI
  • Subjects: FILMES FINOS; SENSORES BIOMÉDICOS; GLICOSE (MONITORAMENTO); NANOPARTÍCULAS
  • Language: Português
  • Abstract: Aplicações de nanomateriais em biossensores têm recebido muito interesse nos últimos anos. Entre os vários tipos de biossensores estudados, sensores de glicose têm recebido destaque devido a sua importância em diagnósticos clínicos. Apesar do grande avanço no monitoramento de glicose nas últimas décadas, ainda há muitos desafios para alcançar um monitoramento de glicemia continuo, clinicamente preciso, em conexão a um sistema fechado otimizado para a entrega de insulina no corpo. Esta dissertação descreve a fabricação de filmes layer-by-layer (LbL) obtidos a partir da enzima glicose oxidase (GOx) e dos polieletrólitos poli(amidoamina) de geração 4 (PG4) e o hibrido PG4 com as nanopartículas de ouro (PG4AuNp). As nanopartículas de ouro foram sintetizadas em meio aquoso usando o dendrímero PG4, o ácido cloroáurico (HAu'Cl IND.4') e ácido fórmico. As medidas de espectroscopia UV-Vis dos filmes automontados em substratos de quartzo mostraram um crescimento linear em função do número de bicamadas depositados apenas para o filme PG4-GOx. No filme PG4AuNp-GOx o crescimento não é linear. Em adição às caracterizações ópticas, estrutural e eletroquímica, os filmes LbL, depositados sobre substratos de vidro recoberto com óxido de índio (ITO) foram testados para a atuação em biossensores de peróxido de hidrogênio e de glicose. A biofuncionalidade da GOx e a viabilidade do método como biossensor foi demonstrada pelo aumento da corrente em função das sucessivas adições de alíquotas de glicose à solução. Os filmes sem nanopartículas não foram sensíveis a glicose. O biossensor com melhor desempenho foi o ITO-(PG4AuNp-GOx) com 5 bicamadas, que mostrou-se linear na faixa de 0 a 4,8 mM de glicose com sensibilidade 0,013 'MU'A/mM e limite de detecção 0,44 'mmolL ANTPOT.¹'
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.07.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Jaciara Cássia de Carvalho; ZUCOLOTTO, Valtencir. Imobilização da enzima glicose oxidase em filmes nanoestruturados para aplicação em biossensores. 2012.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-11102012-163617/pt-br.php >.
    • APA

      Santos, J. C. de C., & Zucolotto, V. (2012). Imobilização da enzima glicose oxidase em filmes nanoestruturados para aplicação em biossensores. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-11102012-163617/pt-br.php
    • NLM

      Santos JC de C, Zucolotto V. Imobilização da enzima glicose oxidase em filmes nanoestruturados para aplicação em biossensores [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-11102012-163617/pt-br.php
    • Vancouver

      Santos JC de C, Zucolotto V. Imobilização da enzima glicose oxidase em filmes nanoestruturados para aplicação em biossensores [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-11102012-163617/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021