Exportar registro bibliográfico

Degradação eletroquímica de desreguladores endócrinos: o hormônio metiltestosterona (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: AMARAL, BRUNO ROCHETTI DO - IQSC
  • Unidade: IQSC
  • Subjects: PISCICULTORES; HORMÔNIOS; ELETROQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: Nos dias atuais a criação de peixes tornou-se uma atividade econômica rentável. A criação de alevinos, para posterior comercio após o seu desenvolvimento, é uma pratica que vem ganhando espaço no cenário nacional há algum tempo. O comercio da carne de peixes vem sendo muito visada e para isso o peixe necessita estar apto para o comércio. Comparando entre os gêneros macho e fêmea, o primeiro apresenta, quando adulto, um maior peso e um maior tamanho, o que economicamente é mais interessante para o piscicultor. Mas o controle de gênero não é fácil de ser feito, quando se tem os alevinos não se sabe ao certo a quantidade de machos e fêmeas presentes nos tanques de criação. Para se obter uma população de apenas machos é utilizado um procedimento no qual um hormônio masculino é inserido no ambiente dos alevinos, tanto por meio de inserção do hormônio na ração tanto pela inserção direta do hormônio nos tanques de criação dos alevinos. Nesse segundo método e utilizado um banho de imersão sendo que a exposição a esse hormônio causa uma mudança sexual dos peixes, sendo que todos migram para o sexo masculino. Após a imersão essas águas ficam com sua composição alterada sendo que o hormônio permanece presente na mesma. O tratamento dessas águas residuais do processo é muito complicado sendo que se faz necessário um tratamento mais drástico do que o tratamento convencional aplicado às plantas de ETE. O presente estudo faz uma análise de um método para tratar o hormônio utilizado nos banhos de imersão. O hormônio em questão utilizado no estudo foi o 17α-metiltestosterona (MT) que é um dos hormônios utilizados na reversão sexual de peixes. O estudo focou no tratamento eletroquímico do hormônio MT utilizando-se de parâmetros para a realização do mesmo. Os parâmetros utilizados para análise foram quatros: Temperatura, concentração de NaOH, pH e densidade de corrente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.04.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AMARAL, Bruno Rochetti do; MOTHEO, Artur de Jesus. Degradação eletroquímica de desreguladores endócrinos: o hormônio metiltestosterona. 2012.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75134/tde-24072012-135130/pt-br.php >.
    • APA

      Amaral, B. R. do, & Motheo, A. de J. (2012). Degradação eletroquímica de desreguladores endócrinos: o hormônio metiltestosterona. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75134/tde-24072012-135130/pt-br.php
    • NLM

      Amaral BR do, Motheo A de J. Degradação eletroquímica de desreguladores endócrinos: o hormônio metiltestosterona [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75134/tde-24072012-135130/pt-br.php
    • Vancouver

      Amaral BR do, Motheo A de J. Degradação eletroquímica de desreguladores endócrinos: o hormônio metiltestosterona [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75134/tde-24072012-135130/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021