Exportar registro bibliográfico

A contratransferência na clínica contemporânea: abertura para o inédito (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GONCALVES, CARLA ALESSANDRA BARBOSA - IP
  • Unidades: IP
  • Sigla do Departamento: PSC
  • Subjects: PSICANÁLISE; CONTRATRANSFERÊNCIA; SAÚDE MENTAL
  • Keywords: Acompanhamento terapêutico; Therapeutic accompaniment
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo investiga experiências clínicas da pesquisadora em diferentes modalidades de atendimento: clínica privada, clínica em instituições de saúde mental e no acompanhamento terapêutico. O contato com pacientes difíceis levaram a pesquisadora a identificar que a contratransferência é um instrumental clínico privilegiado para compreender e intervir com esses pacientes. O objetivo deste trabalho é problematizar a contratransferência nas diversas atividades clínicas. Freud, Heimann, Ferenczi e Winnicott são discutidos em companhia de psicanalistas brasileiros Barretto, Gondar, Kupermann e Safra que debatem a contratransferência no psicanalisar da atualidade. Foram reproduzidos recortes clínicos da literatura científica e apresentadas vinhetas clínicas dos atendimentos realizados pela pesquisadora, com o intuito de examinar o uso da contratransferência na contemporaneidade. Para Freud, a contratransferência era um obstáculo à análise; para Heimann, os afetos do analista eram reativos e indicavam uma compreensão da transferência em jogo; Ferenczi abarcou os afetos do analista como possibilidade de comunicação inconsciente e um recurso interventivo, formulando as noções de tato e empatia; Winnicott também defendia a positividade dos afetos do terapeuta, instrumentalizando o uso da contratransferência e do manejo clínico e fundamentando o processo analítico no espaço transicional, o que permitiu criatividade e ineditismo no processo terapêutico. Conclui-se que apossibilidade do terapeuta utilizar a contratransferência como recurso favoreceu o tratamento de pacientes difíceis na clínica privada, nas instituições e no acompanhamento terapêutico. A contratransferência implica transformações técnicas, teóricas e éticas, bem como articula-se ao campo estético, pois amplia a possibilidade de comunicação e compreensão ao levar em conta os recursos afetivos do terapeuta nos cuidados dos pacientes difíceis
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.05.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONCALVES, Carla Alessandra Barbosa; ANTÚNEZ, Andrés Eduardo Aguirre. A contratransferência na clínica contemporânea: abertura para o inédito. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-04102012-163223/ >.
    • APA

      Goncalves, C. A. B., & Antúnez, A. E. A. (2012). A contratransferência na clínica contemporânea: abertura para o inédito. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-04102012-163223/
    • NLM

      Goncalves CAB, Antúnez AEA. A contratransferência na clínica contemporânea: abertura para o inédito [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-04102012-163223/
    • Vancouver

      Goncalves CAB, Antúnez AEA. A contratransferência na clínica contemporânea: abertura para o inédito [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-04102012-163223/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020