Exportar registro bibliográfico

Detecção molecular e diagnóstico diferencial de vírus entéricos em aves comerciais (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BELLO, CAMILA PELOSO - FMVZ
  • Unidades: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPT
  • Subjects: AVICULTURA (CUIDADOS;PRODUÇÃO); DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL (VETERINÁRIA); ENTEROVÍRUS (VETERINÁRIA;DIAGNÓSTICO); GALINHAS (PRODUÇÃO;VETERINÁRIA); REAÇÃO EM CADEIA POR POLIMERASE (DIAGNÓSTICO;VETERINÁRIA)
  • Keywords: Avicultura; Chickens; Diagnostic; Diagnóstico; Enteric viruses; Galinhas; PCR; PCR; Poultry; Vírus entéricos
  • Language: Português
  • Abstract: O Brasil é omaior exportador e o terceiro maior produtor de carne de aves, atrás apenas de Estados Unidos e China. Para que o país se mantenha neste patamar e continue a crescer como produtor de frango, é fundamental que o setor avícola brasileiro priorize as questões sanitárias. Dentre as doenças que acometem as aves, um dos grupos mais importantes são aquelas que afetam o trato digestivo. As infecções intestinais em aves podem ser determinadas por bactérias, protozoários, micotoxinas e vírus. Os vírus entéricos das galinhas, incluindo Adenovírus, Astrovírus, Reovírus e Rotavírus, têm sido descritos como possíveis causadores da síndrome da má absorção (runting stunting syndrome), caracterizada principalmente por deficiência no crescimento, desenvolvimento retardado das penase diarréia. Neste estudo foram avaliadas amostras provenientes de aves de produção de diferentes origens (frangos de corte, reprodutoras e poedeiras). O conteúdo intestinal de aves oriundas de lotes com sinais clínicos entéricos e também lotes com ausência destes sinais foi submetido ao diagnóstico diferencial por PCR para quatro agentes virais: Adenovírus, Astrovírus, Reovírus e Rotavírus. Das 162 amostras testadas, 65 amostras foram positivas (40,1%) para um ou mais vírus e 97 amostras foram negativas (59,9%),sendo 2 amostras (1,2%) positivas para Adenovírus, 50 (30,9%) amostras positivas para Astrovírus, 19 (11,7%) amostras positivas para Reovírus e 12 (7,4%) foram positivas para Rotavírus.Astrovírus, Reovírus e Rotavírus parecem desempenhar papel importante como agentes causadores de problemas entéricos em aves de produção, especialmente em frangos de corte. Entretanto, mais estudos direcionados à detecção, isolamento, inoculação experimental, possíveis interações e caracterização molecular relacionados aos vírus entéricos são fundamentais para melhoresclarecimento da participação destes como agentes causadores de doença em aves
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.04.2011
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BELLO, Camila Peloso; FERREIRA, Antônio José Piantino. Detecção molecular e diagnóstico diferencial de vírus entéricos em aves comerciais. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-04092012-160643/ >.
    • APA

      Bello, C. P., & Ferreira, A. J. P. (2011). Detecção molecular e diagnóstico diferencial de vírus entéricos em aves comerciais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-04092012-160643/
    • NLM

      Bello CP, Ferreira AJP. Detecção molecular e diagnóstico diferencial de vírus entéricos em aves comerciais [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-04092012-160643/
    • Vancouver

      Bello CP, Ferreira AJP. Detecção molecular e diagnóstico diferencial de vírus entéricos em aves comerciais [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-04092012-160643/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020