Exportar registro bibliográfico

Modulação do óxido nítrico no choque séptico: estudo experimental dos efeitos hemodinâmicos e inflamatórios do tratamento com doador de óxido nítrico (nitroprussiato) e inibidor da enzima óxido nítrico sintase induzida (1400W) em suínos submetidos ao choque séptico (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MONTEIRO FILHO, ADALBERTO - FMVZ
  • Unidades: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: MEDICAÇÃO INTRAVENOSA (VETERINÁRIA); MODELOS ANIMAIS; ÓXIDO NÍTRICO (ADMINISTRAÇÃO E DOSAGEM;VETERINÁRIA); SEPSE (VETERINÁRIA); SUÍNOS
  • Keywords: Experimental model; Modelo experimental; Nitric oxide; Óxido nítrico; Perfusão tecidual; Sepse; Sepsis; Tissue perfusion; Tratamento da sepse; Treatment of sepsis
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Apesar de todos os esforços, as taxas de mortalidade na sepse ainda são inaceitavelmente altas, por isso, é importante a busca por novos tratamentos. O óxido nítrico tem um papel fundamental na fisiopatologia da sepse e sua modulação poderia ser uma alternativa de tratamento para algumas das complicações hemodinâmicas, de perfusão tecidual e inflamatórias desta síndrome. Objetivos: Avaliar o efeito do nitroprussiato e do inibidor da iNOs (1400W) nos parâmetros hemodinâmicos, de perfusão tecidual e na inflamação, em modelo experimental de choque séptico. Métodos: Utilizou-se 20 suínos anestesiados e monitorados através do cateter de artéria pulmonar, cateter de tonometria e cateter de artéria femoral. Eles foram randomizados e tratados da seguinte maneira. Sham - somente anestesia; Choque - anestesia, infusão de bactérias (E.coli, 4,5x109ufc/mL) e tratamento padrão (fluidos e noradrenalina, guiados pela PVC, PAM e SvO2); NO/iNOs mesmos tratamentos do Choque, associado ao tratamento específico com nitroprussiato e inibidor da iNOs. Foram avaliados parâmetros hemodinâmicos, de perfusão tecidual, ventilatórios, gasométricos e inflamatórios a cada 1 hora, a partir do Tbasal até 240 minutos. Resultados: Verificou-se alterações clínicas características da sepse, após a infusão de bactérias, como taquicardia, hipotensão arterial, depressão miocárdica, hipertensão pulmonar, aumento do lactato, comprometimento da perfusão tecidual regional e indução das citocinaspró-inflamatórias. A administração do nitroprussiato associado ao inibidor da iNOs ao grupo NO/iNOs, promoveu melhora significante em relação ao grupo Choque, com aumento do IC (6,0 ± 1,9 vs 4,1 ± 2,3 e p<0,024), da FE (31 ± 13 vs 17 ± 6 e p<0,001), do ITSVE (30 ± 8 vs 20 ± 9 e p<0,026) e do IVS (35 ± 13 vs 24 ± 11 p< 0,033) e diminuição da PAP (40 ± 6 vs 48 ± 6 p<0,001) e do IRVP (460 ± 148 vs 906 ± 405 p<0,001). A perfusão tecidual melhorou, com diminuição do PCO2 intestinal (83 ± 11 vs 94 ± 16 p<0,041), diferença entre o PCO2 intestinal/ arterial (38 ± 8 vs 55 ± 27 e p< 0,039) e aumento do pH intestinal (7,07 ± 0,06 vs 6,99 ± 0,09 p< 0,032), SvO2 (79 ± 6 vs 65 ± 12 p<0,002) e DU (167 ± 89 vs 66 ± 45 p<0,001). Houve melhora da são2 (97 ± 2 vs 93 ± 7 p< 0,027) e da IL1-β (340 ± 147 vs 1306 ± 238 e p< 0,001).Discussão: o tratamento proposto melhorou a função cardíaca, oxigenação, perfusão tecidual e inflamação sem apresentar efeitos adversos. Conclusão: O modelo proposto foi representativo da sepse clínica e o tratamento com nitroprussiato e inibidor da iNOs melhorou a função do miocárdio, a hemodinâmica pulmonar, a perfusão tecidual e modulou a resposta inflamatória
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.01.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MONTEIRO FILHO, Adalberto; FANTONI, Denise Tabacchi. Modulação do óxido nítrico no choque séptico: estudo experimental dos efeitos hemodinâmicos e inflamatórios do tratamento com doador de óxido nítrico (nitroprussiato) e inibidor da enzima óxido nítrico sintase induzida (1400W) em suínos submetidos ao choque séptico. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-07032012-165142/ >.
    • APA

      Monteiro Filho, A., & Fantoni, D. T. (2011). Modulação do óxido nítrico no choque séptico: estudo experimental dos efeitos hemodinâmicos e inflamatórios do tratamento com doador de óxido nítrico (nitroprussiato) e inibidor da enzima óxido nítrico sintase induzida (1400W) em suínos submetidos ao choque séptico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-07032012-165142/
    • NLM

      Monteiro Filho A, Fantoni DT. Modulação do óxido nítrico no choque séptico: estudo experimental dos efeitos hemodinâmicos e inflamatórios do tratamento com doador de óxido nítrico (nitroprussiato) e inibidor da enzima óxido nítrico sintase induzida (1400W) em suínos submetidos ao choque séptico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-07032012-165142/
    • Vancouver

      Monteiro Filho A, Fantoni DT. Modulação do óxido nítrico no choque séptico: estudo experimental dos efeitos hemodinâmicos e inflamatórios do tratamento com doador de óxido nítrico (nitroprussiato) e inibidor da enzima óxido nítrico sintase induzida (1400W) em suínos submetidos ao choque séptico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10137/tde-07032012-165142/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019