Exportar registro bibliográfico

Estudo microbiológico e histopatológico da glândula mamária de caprinos tuberculina positivo (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: FRANCA, ADRIANA PINHEIRO DA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPS
  • Subjects: CAPRINOS; GLÂNDULAS MAMÁRIAS DE ANIMAL; MYCOBACTERIUM BOVIS; TUBERCULOSE; ZOONOSES
  • Keywords: Mycobacterium bovis; Mycobacterium bovis; Caprine; Caprinos; Glândula mamária; Mammary gland; Tuberculose; Tuberculosis; Zoonose; Zoonosis
  • Language: Português
  • Abstract: Até recentemente acreditava-se que a tuberculose em caprinos fosse uma enfermidade rara, o que levou ao errôneo conceito de que esses animais fossem resistentes ao Mycobacterium bovis. Este trabalho tem por objetivo verificar se houve processo inflamatório da glândula mamária devido a agentes de mastite ou à presença de Mycobacterium, comparar a frequência de isolamento pelo teste de Zielh-Neelsen nas amostras de leite e dos fragmentos de glândula mamária de caprinos tuberculina positivo e verificar lesões encontradas na glândula mamária com frequência semelhante aos isolados pelo teste de Zielh-Neelsen em caprinos tuberculina positivo. Os animais deste experimento foram provenientes de um surto de tuberculose em caprinos ocorrido numa propriedade localizada em Bueno Brandão (Minas Gerais), totalizando 68 animais. Os resultados encontrados foram obtidos através da análise dos testes de Tamis e California Mastitis Test em relação ao exame microbiológico tanto da glândula mamária quanto do leite. Através do isolamento bacteriológico obteve-se 64 (98,46%) amostras para Staphylococcus ssp e apenas 1 (1,54%) para Corynebacterium ssp. Na glândula mamária, dos seis isolamentos obtidos todos eram Staphylococcus ssp. Com os resultados apresentados pelo isolamento microbiológico da glândula mamária concluiu-se que independente da espécie, o Staphylococcus ssp é o agente de maior frequência entre os isolados sendo o maior responsável pela mastite intramamária em caprinos. Das 116amostras de leite semeadas nos tubos de Stonebrink e Löwenstein-Jensem, foram isolados 5 (4,31%) de amostras de leite positivas ao teste de Zielh-Neelsen. Dos 60 fragmentos de glândula mamária semeados nos meios de Stonebrink e Löwenstein-Jensem, isolou-se apenas um tubo no meio de Stonebrink, perfazendo um frequência de 1 (1,66%) amostra de glândula mamária, o que é um indicativo que seja M. bovis, pois o meio de Stonebrink é um meio de eleição para o seu crescimento, utilizado para isolar o M. bovis. Estes fragmentos de glândula mamária que foram submetidos à análise histopatológica pelas colorações de hematoxilina-eusina e Zielh-Neelsen, apresentaram lesões na glândula mamária de cabras tuberculina positivo, 7 (11, 66%) de achados de lesões causadas por M. bovis na glândula mamária, e 18 (30,00%) processos de reparo. Pela análise histológica dos fragmentos de glândula mamária todos apresentaram processo inflamatório na região intersticial da glândula, sendo um indício de mastite crônica. Concluiu-se que: o processo inflamatório da glândula mamária não estava associado à presença de Staphylococcus ssp, mas ao estágio de secagem dos animais, pelo resultados do teste de Zielh-Neelsen no leite e nos fragmentos de glândula mamária positivos, pode-se utilizar qualquer um dos métodos para verificar a frequência de isolamento de microrganismos em animais tuberculina positivo, a frequência de processo granulomatoso nas glândulas mamárias dos animais estudados foi semelhanteestatisticamente, tanto a frequência do testes de Zielh-Neelsen no leite, quanto nos fragmentos de glândula, porém quando se considerou a frequência do processo de reparo comparada com a frequência do teste de Zielh-Neelsen no leite e no fragmento da glândula houve diferença significante, portanto a frequência de processo na glândula mamária de animais tuberculina positivo é superior a frequência do teste de Zielh-Neelsen no leite e na glândula mamária
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.04.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRANCA, Adriana Pinheiro da; BENITES, Nilson Roberti. Estudo microbiológico e histopatológico da glândula mamária de caprinos tuberculina positivo. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-06012012-105707/ >.
    • APA

      Franca, A. P. da, & Benites, N. R. (2010). Estudo microbiológico e histopatológico da glândula mamária de caprinos tuberculina positivo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-06012012-105707/
    • NLM

      Franca AP da, Benites NR. Estudo microbiológico e histopatológico da glândula mamária de caprinos tuberculina positivo [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-06012012-105707/
    • Vancouver

      Franca AP da, Benites NR. Estudo microbiológico e histopatológico da glândula mamária de caprinos tuberculina positivo [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-06012012-105707/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021