Exportar registro bibliográfico

Influência do tratamento com a poliquimioterapia na resposta imunológica do paciente com hanseníase (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SIMÃO, JOÃO CARLOS LOPES - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: HANSENÍASE; MYCOBACTERIUM LEPRAE; CITOCINAS; POLIMORFISMO; IMUNOPATOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Para verificar a influência do tratamento na resposta imunológico da hanseníase foram avaliados o perfil das citocinas TNF-‘alfa’ (Fator de necrose tumoral ‘alfa’), IFN-‘gama’ (Interferon ‘gama’) e TGF-‘beta’1 (Fator de crescimento de célula T ‘beta’1), a dosagem de anti-PGL1 (anticorpo anti-glicolipídio fenólico) e o polimorfismo de genes que codificam as citocinas TNF-‘alfa’, TGF-‘beta’1, IL-10 (Interleucina 10), IL6 (Interleucina 6) e IFN-‘gama’ em pacientes com hanseníase atendidos no Ambulatório de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP), antes e ao término da poliquimioterapia (PQT). Foram utilizados soros dos pacientes, coletados no momento do diagnóstico e após o tratamento e estacados no Banco de amostras biológicas do laboratório de Cultura de Células da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Foram selecionados 51 pacientes, 35 do sexo masculino, com média de idade ‘+ ou -’ SD de 51,22 ‘+ ou -’ 9,67 anos, classificados segundo critérios de Ridley & Jopling, subdivididos em: 27 pacientes para quantificação de TNF-‘alfa’, TGF-‘beta’1 e IFN-‘gama’ [14 paucibacilares (6 Tuberculoide e 8 DimorfoTuberculoide) e 13 multibacilares (5 Dimorfa, 5 Dimorfo-Virchowiana e 3 Virchowiana)]. Para o polimorfismos de genes que codificam as citocinas TNF-‘alfa’, TGF-‘beta’1, IL-10, IL-6 e IFN-‘gama’, o grupo foi composto por 24 pacientes [13 paucibacilares (7 Tuberculoide e 6 Dimorfo-Tuberculoide) e 11 multibacilares (2 Dimorfo-Virchowiana e 9 Virchowiana)]. A dosagem de anti-PGL1 foi realizada em todos os pacientes. Avaliando o conjunto dos resultados obtidos no soro e o polimorfismo de citocinas dos pacientes, antes e após a PQT, na hanseniase, pode se concluir que: o tratamento das formas clínicas da hanseniase multibacilarreduz a carga bacilar, observada pela cura clínica e consequente queda dos níveis do anticorpo anti-glicolipídio fenólico 1 (anti-PGL-1), enquanto que nas formas clínicas da hanseníase paucibacilar não houve diferença dos níveis desse anticorpo antes e após a PQT. Nas formas clínicas da hanseníase multibacilar, o tratamento, além de ser efetivo na destruição de bacilos, atuou também inibindo a função reguladora da resposta imunológico, através do decréscimo dos níveis de TGF-‘beta’1. Apesar do controle da regulação da reatividade imunológica após a PQT, permaneceu a deficiência da atividade da célula apresentadora de antígenos, mediada por TNF-‘alfa’, após o tratamento das formas clínicas da hanseníase multibacilar, pois os níveis de TNF-‘alfa’ detectados antes e após o tratamento foram similares. Nas formas clínicas da hanseníase multibacilar, o tratamento não alterou o nível da sinalização realizada por IFN-‘gama’ para estimulação da atividade dos macrófagos, permanecendo semelhante a produção de IFN-‘gama’, detectada no soro, antes e após a PQT. O tratamento das formas clínicas da hanseníase paucibacilar não modificou os niveis séricos de IFN-‘gama’, TNF-‘alfa’ e TGF-‘beta’1 no soro dos pacientes antes e após a PQT, embora tenha havido tendência ao aumento de TNF-‘alfa’ que poderia ser explicado pela produção por monócitos não mais recrutados para o local da infecção onde ocorria consumo na própria lesão por ação autócrina na ativação da célula mononuclear. Quanto ao polimorfismo dos genes promotores de TNF-‘alfa’, TGF-‘beta’1, IL-10, IL-6 e IFN-‘gama’, o conjunto dos resultados aliados aos achados na literatura mostra que o polimorfismo está associado com o desenvolvimento de hanseníase e suas formas clínicas e não se altera com o tratamento poliquimioterápico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.06.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SIMÃO, João Carlos Lopes; FOSS, Norma Tiraboschi. Influência do tratamento com a poliquimioterapia na resposta imunológica do paciente com hanseníase. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Simão, J. C. L., & Foss, N. T. (2012). Influência do tratamento com a poliquimioterapia na resposta imunológica do paciente com hanseníase. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Simão JCL, Foss NT. Influência do tratamento com a poliquimioterapia na resposta imunológica do paciente com hanseníase. 2012 ;
    • Vancouver

      Simão JCL, Foss NT. Influência do tratamento com a poliquimioterapia na resposta imunológica do paciente com hanseníase. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020