Exportar registro bibliográfico

Evolução clínica de pacientes dois anos após a internação em decorrência do primeiro episódio da Síndrome Coronariana Aguda (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: GIL, GISLAINE PINN - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: CORONARIOPATIA; EVOLUÇÃO CLÍNICA; MORTALIDADE; ANGIOPLASTIA
  • Keywords: Acute Coronary Syndrome; Angioplasty; Clinical Evolution; Coronary disease; Doença das Coronárias; Mortality; Síndrome Coronariana Aguda
  • Language: Português
  • Abstract: Os avanços na área da saúde têm resultado na redução da morbidade e permitido maior sobrevida aos pacientes coronariopatas. Entr etanto, a Síndrome Coronariana Aguda (SCA) ainda representa uma das questões de saúde públ ica mais relevante da atualidade. O objetivo geral do estudo foi avaliar a evolução clínica dos pacientes dur ante a primeira internação decorrente da SCA e nos primeiros dois anos a pós a hospitalização. As principais variáveis de interesse investigadas foram: mortalidade, rein ternações e tratamentos de revascularização do miocárdio (Intervenção Coronária Percutânea - ICP e Cirurgia de Revascularização do Miocárdio - CRVM). O delineamento utilizado foi observacional, tipo coorte. A amostra foi composta por pacientes que foram internados em decorrência do prim eiro episódio de uma SCA, entre maio de 2006 e julho de 2009, em um hospital geral público de ensino. Os dados foram coletados em 2011 mediante consultas ao s prontuários dos participantes e ao sistema eletrônico de agendamento do hospital, utilizando-se de um instrumento elaborado pela pesquisadora. Os dados foram analisados utiliz ando testes de associação Qui-quadrado, Exato de Fisher e t de Student para amostras independentes. O nível de significância adotado foi de 0,05. A taxa de mortalidade foi calculada divi dindo o número de óbitos ocorridos em até dois anos de seguimento pela somatória do tempo total de observação do estudo. Participaram da investigação 234 pacientes, sendo 140 (59,8%) diagnosticados com Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) e 94 (40,2%) com Angina Instável (AI). A idade média foi de 58 anos (D.P.=12,2 anos), com predomínio de indiví duos do sexo masculino (69,2%). Durante a internação inicial não houve associação entre a presença de complicações e a manifestação clínica da SCA; os pacientes com AI tiveram média de tempo de permanência hospitalar maior que IAM(12,5 e 10 dias, respectivamente), mas essa diferença não foi estatisticamente significante. As ICPs foram mais realizadas nos pacien tes com IAM, enquanto as CRVMs foram mais realizadas nos pacientes com AI , sendo a associação entre essas variáveis estatisticamente significantes. Ao longo do se guimento de até dois anos após a alta da internação inicial, 71,4% dos pacientes foram subm etidos a, pelo menos, um procedimento de revascularização do miocárdio; 27,4% necessita ram de outras hospitalizações, e desses, 71% tiveram uma nova internação e 6,5% reinternaram cinco vezes. Na primeira reinternação, a causa mais prevalente foi a ICP programada e na s internações posteriores foi a angina. A taxa de mortalidade hospitalar foi de 3%, tendo ocorrido 13 óbitos durante todo o seguimento do estudo, sem diferença estatística entre as manifestações da SCA. A taxa de mortalidade geral do estudo foi de 35,75/1000 pessoas por ano. Os resultados do estudo ampliaram nossos conhecimentos sobre como é o perfil deste grupo de pacientes atendidos em decorrência do primeiro episódio de SCA em um hospital geral, de nível terciário, e como se dá a evolução clínica durante a internação e a longo prazo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.06.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GIL, Gislaine Pinn; DANTAS, Rosana Aparecida Spadoti. Evolução clínica de pacientes dois anos após a internação em decorrência do primeiro episódio da Síndrome Coronariana Aguda. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-15082012-122855/ >.
    • APA

      Gil, G. P., & Dantas, R. A. S. (2012). Evolução clínica de pacientes dois anos após a internação em decorrência do primeiro episódio da Síndrome Coronariana Aguda. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-15082012-122855/
    • NLM

      Gil GP, Dantas RAS. Evolução clínica de pacientes dois anos após a internação em decorrência do primeiro episódio da Síndrome Coronariana Aguda [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-15082012-122855/
    • Vancouver

      Gil GP, Dantas RAS. Evolução clínica de pacientes dois anos após a internação em decorrência do primeiro episódio da Síndrome Coronariana Aguda [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-15082012-122855/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020