Exportar registro bibliográfico

A neurotransmissão colinérgica presente na área septal lateral modula de forma distinta as respostas autonômicas e comportamentais durante diferentes situações aversivas (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: REIS, DANIEL GUSTAVO DOS - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: ESTRESSE; MEDO; ESTÍMULOS; RESPOSTAS
  • Language: Português
  • Abstract: A área septal lateral (ASL) é parte do sistema límbico e está envolvida na regulação de respostas defensivas. A lesão eletrolítica ou a administração de benzodiazepínico na ASL causa efeito ansiolítico em animais submetidos a modelos experimentais preditivos da ação de drogas ansiolíticas. Durante situações aversivas, a neurotransmissão colinérgica de estruturas límbicas envolvidas na modulação de respostas comportamentais, autonômicas e neuroendócrinas, é ativada. Terminações colinérgicas localizadas na ASL estão envolvidas no controle da atividade cardiovascular. Além disso, a atividade neuronal da ASL está aumentada durante a exposição a diferentes situações aversivas, tais como modelos de medo condicionado ao contexto e do estresse agudo por restrição. Entretanto, a participação do sistema colinérgico da ASL na modulação das respostas autonômicas e comportamentais observadas nesses modelos não fora devidamente estudada. Portanto, o presente estudo investigou se a inibição da neurotransmissão ou se a administração de fármacos anticolinérgicos afetaria as respostas comportamentais e autonômicas (cardiovascular e termogênica) observadas nos modelos de estresse por restrição ou medo condicionado ao contexto. A injeção do inibidor sinóptico não seletivo ‘CoCl IND.2’ na ASL, antes da restrição, reduziu a resposta de elevação da pressão arterial (PAM) e a elevação da frequência cardíaca (FC) mas não a alteração da temperatura corporal observada durante a restrição, tampouco afetou o efeito ansiogênico observado no labirinto em cruz elevado 24 h após a restrição. A injeção de hemicolínio (inibidor da captação de colina) ou atropina (antagonista muscarínico não seletivo) reduziram apenas a elevação da PAM, sem afetar a elevação da FC. Resultados semelhantes foram observados com as doses de 3 e 0,3 nmol de pirenzepina(antagonista preferencial ‘M IND.1’) e com a dose de 3 nmol de J104129 (antagonista preferencial ‘M IND.3’). A elevação da FC observada durante o estresse por restrição foi reduzida pela injeção de Dtyr-AVP (antagonista vasopressinérgico). A injeção de pirenzepina e Dtyr-AVP reduziram ambas as elevações da PAM e da FC durante a restrição. No modelo do medo condicionado ao contexto a injeção de ‘CoCl IND.2’, quando feita apenas antes da sessão de teste, reduziu a resposta emocional condicionada, a qual é caracterizada pela expressão do comportamento de congelamento, elevação da PAM e da FC, sem efeito nos animais não condicionados. As injeções de hemicolínio e atropina na ASL reduziram a resposta emocional condicionada. Resultados semelhantes foram observados com as doses de 3 e 0,3 nmol de pirenzepina e com a dose de 3 nmol de J104129 reexpostos ao contexto aversivo. Esses resultados sugerem que a neurotransmissão colinérgica presente na ASL modula de maneira distinta as respostas comportamentais e autonômicas observadas nos modelos de estresse por restrição e de medo condicionado ao contexto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.06.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REIS, Daniel Gustavo dos; MORAES, Leonardo Resstel Barbosa. A neurotransmissão colinérgica presente na área septal lateral modula de forma distinta as respostas autonômicas e comportamentais durante diferentes situações aversivas. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Reis, D. G. dos, & Moraes, L. R. B. (2012). A neurotransmissão colinérgica presente na área septal lateral modula de forma distinta as respostas autonômicas e comportamentais durante diferentes situações aversivas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Reis DG dos, Moraes LRB. A neurotransmissão colinérgica presente na área septal lateral modula de forma distinta as respostas autonômicas e comportamentais durante diferentes situações aversivas. 2012 ;
    • Vancouver

      Reis DG dos, Moraes LRB. A neurotransmissão colinérgica presente na área septal lateral modula de forma distinta as respostas autonômicas e comportamentais durante diferentes situações aversivas. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020