Exportar registro bibliográfico

Do inominável à pro-ducção de sentido: o plantão psicológico em hospital geral como utensílio para a metaforização da crise pelo trágico (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated author: CAUTELLA JUNIOR, WALTER - IP
  • School: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: ACONSELHAMENTO PSICOTERAPÊUTICO; CRISES (PSICOLOGIA); FENOMENOLOGIA; HOSPITAIS; PSICOLOGIA DA SAÚDE; PLANTÃO PSICOLÓGICO
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho intenta tematizar a questão da crise através da prática de Plantão Psicológico, tendo como cenário o hospital geral universitário (HU) da Universidade de São Paulo (USP). Acompanhando pacientes e equipe de saúde do hospital, os psicólogos experienciaram muitas situações de crise, tais como aquelas expressas pelo gênero dramático. Suas experiências levaram a compreender tal prática por meio de uma analogia. Escolhe-se a tragédia grega como fio condutor para esta pesquisa, uma vez que este gênero literário do século V a. C. possui um caráter de transcendência histórica, trazendo em seu bojo a possibilidade de traduzir e desvelar aspectos da experiência humana nas situações críticas. Artisticamente, o drama se reporta a uma situação em que o protagonista encontra-se em uma encruzilhada do destino, submetido a uma circunstância de perda de liberdade por um advento imponderável e convocado a empunhar sua responsabilidade na direção do sentido de sua existência. A metodologia de pesquisa se assenta no olhar da fenomenologia existencial. Sendo assim, afasta-se de procedimentos ou instrumentais pré-definidos, partindo, como propõe M. Heidegger, do questionamento do ser. Elege-se a narrativa de atendimentos realizados por psicólogos plantonistas nos vários espaços do HU, apresentada através de diários de bordo, como matéria-prima para este interrogar e interpretar. Desvelou-se a crise como ruptura ocasionada por um acontecimento que irrompe na cotidianidade, levando àsituação de alheamento e ocultamento de sentido pelo aniquilamento temporário da malha representacional que dá sustentação a existência. Estando lançado neste hiato, inaugura-se outra temporalidade que convoca à metaforização da crise, considerando-se o Plantão Psicológico como utensílio pertinente para possibilitar este trânsito
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.04.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAUTELLA JUNIOR, Walter; MORATO, Henriette Tognetti Penha. Do inominável à pro-ducção de sentido: o plantão psicológico em hospital geral como utensílio para a metaforização da crise pelo trágico. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-25072012-094215/ >.
    • APA

      Cautella Junior, W., & Morato, H. T. P. (2012). Do inominável à pro-ducção de sentido: o plantão psicológico em hospital geral como utensílio para a metaforização da crise pelo trágico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-25072012-094215/
    • NLM

      Cautella Junior W, Morato HTP. Do inominável à pro-ducção de sentido: o plantão psicológico em hospital geral como utensílio para a metaforização da crise pelo trágico [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-25072012-094215/
    • Vancouver

      Cautella Junior W, Morato HTP. Do inominável à pro-ducção de sentido: o plantão psicológico em hospital geral como utensílio para a metaforização da crise pelo trágico [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-25072012-094215/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020