Exportar registro bibliográfico

Modelagem da velocidade crítica de transporte de polpas minerais contendo partículas grossas (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PINTO, THIAGO CÉSAR DE SOUZA - EP
  • Unidades: EP
  • Sigla do Departamento: PMI
  • Subjects: TUBULAÇÕES; MINÉRIOS; HEMATITA
  • Language: Português
  • Abstract: O dimensionamento de sistemas de transporte hidráulico de polpas minerais exige especial atenção à medida que partículas grossas apresentam um comportamento de sedimentação no interior dos tubos. Dentro desta situação, a velocidade de transporte da polpa mineral deve ter magnitude suficiente para suspender e transportar os sólidos, evitando que os mesmos se depositem na base da tubulação. O bombeamento de polpas minerais em tubos horizontais contendo partículas grossas constituiu o objeto desta tese. Um levantamento sobre a literatura corrente foi realizado e, através de procedimentos experimentais, obteve-se um banco de dados para o modelamento da velocidade crítica (VC), isto é, a velocidade mínima em que ocorre a formação de um leito móvel na base do tubo, apresentando magnitude ligeiramente superior à velocidade de deposição VD, caracterizada pelo início da deposição das partículas na base dos dutos. Para a realização dos ensaios, foram construídas duas unidades experimentais de bombeamento de polpa mineral, onde foram estudadas as seguintes variáveis: i) gradiente de pressão por metro de tubo horizontal (ΔP/L), ii) velocidade média do fluxo (V), iii) perfil de concentração de sólidos ao longo da seção transversal, iv) fator de forma através da função de esfericidade das partículas (ψ), v) densidade do sólido e do líquido, vi) concentração volumétrica da polpa mineral, vii) granulometria dos sólidos e viii) diâmetro da tubulação. A primeira unidade experimental foi montada com tubulação em PVC transparente de diâmetro interno de 25,4mm e a segunda unidade foi construída em PVC branco com um trecho de 2m em acrílico transparente, apresentando diâmetro interno de 50,8mm. A velocidade critica (VC) para cada condição estudada foi determinada visualmente, através das seções transparentes da tubulação.As amostras utilizadas neste trabalho foram: concentrados de apatita e hematita e o mineral quartzo. As frações granulométricas estudadas foram inseridas em duas classes de tamanho, sendo a primeira classe passante em 297µm e retida em 249µm e a segunda classe passante em 149µm e retida em 105µm. Os resultados permitiram determinar um novo modelo semiempírico para VC, alcançando desvios menores que 10% para as velocidades preditas em relação aos valores de velocidades observadas experimentalmente.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.05.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINTO, Thiago César de Souza; LEAL FILHO, Laurindo de Salles. Modelagem da velocidade crítica de transporte de polpas minerais contendo partículas grossas. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3134/tde-16102012-113925/pt-br.php >.
    • APA

      Pinto, T. C. de S., & Leal Filho, L. de S. (2012). Modelagem da velocidade crítica de transporte de polpas minerais contendo partículas grossas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3134/tde-16102012-113925/pt-br.php
    • NLM

      Pinto TC de S, Leal Filho L de S. Modelagem da velocidade crítica de transporte de polpas minerais contendo partículas grossas [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3134/tde-16102012-113925/pt-br.php
    • Vancouver

      Pinto TC de S, Leal Filho L de S. Modelagem da velocidade crítica de transporte de polpas minerais contendo partículas grossas [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3134/tde-16102012-113925/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020