Exportar registro bibliográfico

Memóriqa de trabalho, compreensão de leitura e aritmética em crianças respiratórias orais (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KUROISHI, RITA CRISTINA SADAKO - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: ROO
  • Subjects: RESPIRADOR BUCAL; CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA; APRENDIZAGEM; COMPREENSÃO DA LEITURA
  • Language: Português
  • Abstract: O padrão compensatório de Respiração Oral decorrente da obstrução das vias aéreas superiores pode desencadear uma série de alterações ao organismo das crianças, e consequentemente prejudicar habilidades cognitivas, necessárias para o rendimento escolar satisfatório. O objetivo do presente trabalho foi estudar o desempenho de crianças diagnosticadas como respiradores orais em tarefas de memória de trabalho fonológica, de compreensão de leitura e de resolução aritmética e investigar a inter-relação entre a memória de trabalho fonológica e compreensão de leitura e aritmética. Método: Participaram 54 escolares de ambos os sexos, entre 7 e 10 anos de idade, divididos em dois grupos de acordo com o diagnóstico da avaliação otorrinolaringológica: Grupo Controle, denominado de G1 (n=13), composto por crianças respiradoras nasais e G2 (n = 41), composto por crianças portadoras de respiração oral. As crianças de ambos os grupos foram submetidas a uma audiometria tonal para excluir possíveis déficits auditivos, à avaliação otorrinolaringológica e à avaliação das habilidades de Memória de Trabalho Fonológica (MTF), de compreensão de leitura e desempenho em tarefa de aritmética Para a avaliação das habilidades comitivas foram utilizados os seguintes testes: Prova de Repetição de Palavras Sem Significado e Subteste 5, Memória Sequencial Auditiva, do Teste Illinois de Habilidades Psicolinguísticas (ITPA) para a avaliação da MTF, Teste de Competência da Leitura de Sentenças (TCLS 1.1 ) e subteste de aritmética do Teste de Desempenho Escolar (TDE). Para inferência estatística, utilizou-se os testes Mann-Witney, Manova com medidas repetidas, teste de correlação de Spearman com nível de significância p ‘< OU =’ 0,05. Resultados: G1 obteve valores de pontuação estatisticamente maiores no teste de compreensão de sentenças e de resolução aritmética em relaçãoao G2. Quanto à MTF, os grupos se diferiram somente na prova de repetição de palavras sem significado. Observou-se correlação positiva da MTF (Repetição de palavras sem significado) com a compreensão de leitura e com a aritmética, e a repetição de dígitos esteve correlacionada positivamente somente com a aritmética. Conclusões: Ser respirador oral é uma condição de risco para o bom desempenho escolar em crianças. Crianças respiradoras orais apresentaram desempenho inferior em testes de MTF, de compreensão de leitura e de aritmética em relação às crianças respiradoras nasais. A MTF apresenta forte relação com compreensão de leitura e aritmética
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.02.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KUROISHI-CORRÊA, Rita Cristina Sadako; FUKUDA, Marisa Tomoe Hebihara. Memóriqa de trabalho, compreensão de leitura e aritmética em crianças respiratórias orais. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Kuroishi-Corrêa, R. C. S., & Fukuda, M. T. H. (2012). Memóriqa de trabalho, compreensão de leitura e aritmética em crianças respiratórias orais. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Kuroishi-Corrêa RCS, Fukuda MTH. Memóriqa de trabalho, compreensão de leitura e aritmética em crianças respiratórias orais. 2012 ;
    • Vancouver

      Kuroishi-Corrêa RCS, Fukuda MTH. Memóriqa de trabalho, compreensão de leitura e aritmética em crianças respiratórias orais. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020